afiliado iniciante

Afiliado iniciante: veja as 7 melhores dicas para começar a vender

Trabalhar como afiliado digital é atuar em um mercado em alta, no qual as perspectivas de ganhos são bastante promissoras. É você quem faz o ritmo de trabalho, organizando a rotina de acordo com o tempo que tem disponível. E essas são apenas algumas das vantagens de ser um vendedor online.

No entanto, é normal que o afiliado iniciante tenha dúvidas sobre como trabalhar e quais métodos utilizar para obter sucesso nas vendas. Afinal, você está começando e pode ter pouca ou mesmo nenhuma familiaridade com a área.

Mas não se preocupe. Estamos aqui para ajudar na missão! Por isso, preparamos um post com 7 dicas para começar a vender. Acompanhe.

1. Conheça o público-alvo

O primeiro passo para começar o seu trabalho no mercado de afiliados é conhecer o público que se interessará pelo seu produto ou serviço.

O afiliado iniciante precisa desse norte para se comunicar com as pessoas certas. Caso contrário, gastará grande parte do seu tempo tentando vender uma solução para quem não pretende comprá-la. Esse é, na verdade, um erro bastante comum.

Além disso, conhecer o seu público-alvo permite criar estratégias que alavancarão as vendas, como o uso da linguagem mais apropriada — e falaremos sobre isso mais adiante.

Agora, você deve estar se perguntando como definir esses possíveis clientes, certo? Tudo começa com a criação de uma persona.

2. Defina uma persona

O conceito de persona, muito utilizado no Marketing, refere-se a uma pessoa fictícia que têm as características do seu cliente ideal. Entre essas características podem estar idade, escolaridade, emprego, localidade, interesses, hobbies etc.

Aqui, vamos usar o exemplo do mercado de afiliados da Consultoria Educação, no qual os consultores ofertam cursos de graduação para pessoas que desejam mudar de vida e ingressar na faculdade.

Uma persona que se interessaria por trabalhar nesta rede é alguém que busca uma renda extra, trabalhando com flexibilidade e podendo conciliar a atuação com outras atividades.

Sendo assim, um exemplo de persona seria a Ana (nome fictício). Ana tem 27 anos, ensino superior completo, trabalha no setor administrativo de uma empresa e tem como objetivo obter estabilidade financeira.

Por isso, a Ana encontraria na Consultoria Educação uma forma de aumentar seus ganhos podendo manter o seu emprego formal e trabalhando de acordo com o tempo que tem disponível.

3. Estabeleça a linguagem

A forma como o afiliado digital se comunica faz toda a diferença em sua atuação. Por meio da persona, fica mais fácil entender o tipo de linguagem a ser utilizada para dialogar com esse possível cliente, criando engajamento e uma boa relação com ele.

Caso o seu produto ou serviço envolva certa formalidade, a melhor linguagem é aquela que se preocupa com o uso correto das normas gramaticais, evitando gírias, por exemplo.

Já um nicho mais informal inclui uma linguagem espontânea, que permite diálogos mais naturais, com uso de expressões comuns do dia a dia daquela persona e mesmo o uso de gírias (com moderação e bom senso, claro).

4. Escolha meios de comunicação

Chegou a hora de falarmos sobre os seus canais de venda. É neles que serão divulgados os seus produtos ou serviços, fazendo com que o público-alvo se interesse pelas postagens e chegue até você.

Primeiramente, é essencial estar onde seu público está. E, hoje, é difícil encontrar quem não esteja em, pelo menos, uma das redes sociais, não é mesmo? Sendo assim, é nelas que você vai trabalhar.

Porém, não adianta sair criando perfis e posts em todas as plataformas, viu? É importante saber identificar aquelas mais utilizadas pela sua persona, como Facebook, Instagram, Telegram etc.

Além disso, é fundamental seguir as tendências de Marketing Digital. Entre elas, cabe destacar o Marketing de Conteúdo — criação de conteúdos interessantes, interativos e relevantes para o seu público. Eles vão desde stories no Instagram a e-books com temas relacionados às necessidades e às dúvidas da persona.

Assim, é possível chamar a atenção dos seus potenciais clientes, dialogar com eles e criar um relacionamento mais próximo. Com isso, você, afiliado iniciante, tem tudo para construir uma posição de autoridade no assunto, o que com certeza aumentará a confiança do público-alvo.

5. Invista em planejamento

O sucesso de qualquer empreitada começa com o planejamento. Uma ótima preparação permite que você otimize o seu tempo e use-o a seu favor, organizando-se e conhecendo o seu ritmo de trabalho.

Por isso, observe bem a sua rotina. Em quais horários poderá se dedicar à captação de clientes, a alimentar as redes sociais e responder às mensagens em sua caixa de entrada? A criação de um cronograma é muito útil nesta etapa.

Aqui, também entram as suas metas e objetivos. Qual seria o valor ideal em comissões para complementar o seu orçamento? Quantas vendas precisaria fechar para obter a quantia desejada? O que você pretende fazer com esse dinheiro?

Essas informações não só ajudarão a otimizar o tempo que tem disponível para atuar na rede de afiliados, como também servirão de motivação para seguir nesse mercado.

6. Use metodologias consagradas

Outra boa dica para o afiliado iniciante é organizar toda a sua atuação. É neste momento que metodologias que comprovadamente rendem resultados entram para ajudar.

Uma delas é a metodologia Canvas. Sua proposta é voltada a empresas e startups — mas trabalhar na internet como afiliado, comandando seu trabalho e conduzindo seu ritmo, é como atuar em negócio próprio, não é mesmo?

De forma breve, o Canvas é uma tela separada por blocos, como “clientes”, “canais” e “relacionamento”. Esse diagrama permite que você visualize de maneira rápida toda a sua atuação em uma única página.

Vale a pena pesquisar sobre essas e outras ferramentas que potencializam o seu trabalho.

7. Dê o primeiro passo

Começar a trabalhar no mercado de afiliados é como iniciar um novo emprego. Neste novo emprego, é você quem cria o próprio horário, metas e formas de trabalho. Por isso a profissão vem atraindo cada vez mais interessados.

Ainda mais ao oferecer uma solução que atenda perfeitamente às necessidades do seu público. Aqui, na Consultoria Educação, trabalhamos com a oferta de cursos de graduação das faculdades do grupo Kroton para quem quer se capacitar e trilhar uma carreira de sucesso.

Ou seja, trata-se de um produto que transforma a vida das pessoas, e trabalhar com isso também é transformador para você.

Agora é com você!

Sendo assim, que tal se juntar à nossa rede e dar o primeiro passo? Para se tornar um afiliado da Consultoria Educação, não é necessário investimento inicial, e você ainda passará por todo um treinamento para começar a vender.

Faça agora mesmo a sua inscrição gratuita e comece a transformar vidas por meio do acesso ao ensino superior!

[E-BOOK] Guia completo de renda extra sem sair de casa: tudo que você precisa saber

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.