definir público-alvo

Saiba como definir o público-alvo em 6 passos básicos

Você realmente conhece o perfil de quem compra o seu produto ou serviço? Se ainda não conhece, é melhor correr atrás. Sem as informações do seu público-alvo, a probabilidade de alcançar as pessoas mais propensas a fechar negócio na internet é muito baixa.

Mas, afinal, o que é público-alvo? Basicamente, é o grupo específico de consumidores com maior probabilidade de comprar o seu produto ou serviço e, portanto, é o grupo de pessoas que deve estar no foco de todas as suas estratégias de Marketing Digital.

O público-alvo pode ser determinado por idade, gênero, renda, localização, interesses e uma infinidade de outros fatores. Confira os passos a seguir e saiba como encontrar os dados para definir o público-alvo do seu negócio.

Analise o seu produto/serviço

Escreva uma lista com as principais utilidades do seu produto ou serviço e as soluções que ele oferece. Em seguida, será mais fácil entender as necessidades que podem levar uma pessoa a buscar o seu produto.

Por exemplo, um designer gráfico que oferece um conjunto de materiais para construir a identidade visual de empresas chamará a atenção de um público específico. Esse público pode ser composto por gestores que estão começando um negócio ou precisam atualizar a identidade visual de suas empresas.

Esse é apenas um exemplo. Use o mesmo raciocínio para entender as motivações de quem busca o produto que você tem a oferecer.

Faça pesquisas com seus atuais clientes

Você já fechou uma venda? Quem são seus clientes atuais e por que eles compram de você? Procure características e interesses comuns! É muito provável que outras pessoas como elas possam se beneficiar do seu produto/serviço.

É provável que você tenha dados de clientes em mãos que possam impulsionar seus esforços para definir o público-alvo para o seu Marketing Digital. Veja se você tem alguma das seguintes fontes de informações do cliente:

  • software de gerenciamento de relacionamento com o cliente (CRM) ou banco de dados de clientes semelhante;
  • histórico de compras do cliente;
  • informações do membro da lista de e-mail.

Mesmo algo tão simples quanto o histórico de mensagens pode dizer como seus clientes atuais interagem com sua empresa.

Busque dados demográficos

Abaixo, veja alguns dados demográficos que podem ajudar você a definir o público-alvo do seu negócio.

Idade

Você não precisa buscar uma informação muito específica aqui. Concentre-se em ter uma noção geral da década de vida seu público-alvo (20, 30, 40, e assim por diante) e sua geração.

Localização

Em que lugar do mundo seu público mora? Isso ajudará você a entender quais áreas geográficas segmentar para anúncios, por exemplo.

Considerando a possibilidade de encontrar diferenças de fuso horário, você também aprenderá quais horários são ideais para interagir com seu público, quando você deve agendar seus anúncios e postagens sociais para alcançar uma boa visibilidade.

Idioma

Qual idioma seu público-alvo fala? A princípio, não assuma que é o seu idioma. E não assuma que eles falam a língua dominante de sua localização física atual.

A maioria das redes sociais consegue rastreiar dados demográficos básicos sobre seus seguidores, como o Facebook e Instagram. Então, faça bom proveito desses sites.

Procure fatores subjetivos em comum

Ao identificar seu público-alvo, você deve manter estas perguntas em mente:

  • Quais são seus principais problemas (que sua empresa pode resolver)? Quando você entender os problemas do seu público, saberá como apresentar seu produto como a solução perfeita.
  • Que conteúdo eles consomem? Considere o conteúdo que seu público gosta para que você possa criar estratégias que abordem temas e assuntos semelhantes.
  • Onde eles saem (online e na vida real)? Depois de saber onde seu público consome conteúdo, você entenderá onde colocar seu próprio material para obter mais exposição.
  • Como eles gostam de se comunicar? Você vai precisar falar a mesma linguagem do seu público, se quiser cativá-lo e ganhar sua atenção, e isso pode significar usar gírias ou uma comunicação mais formal.

Essas questões podem ajudar você a entender as pessoas que o seu negócio precisa alcançar e com o que elas mais se importam.

Dê uma olhada na concorrência

Seja lá o que você decidiu vender na internet, um carro ou utensílios de cozinha, você terá concorrentes. Se existem empresas que vendem um produto semelhante ao seu e fazem isso há anos, elas já conhecem muito bem o seu público.

Busque as redes sociais das principais empresas concorrentes. Lá, verifique o tipo de pessoa que gosta regularmente de suas postagens e qual é o tipo de conteúdo que recebe muitas respostas.

Além disso, veja se você encontra as áreas que não estão funcionando tão bem. Pergunte a si, como você pode melhorá-las? Tenha uma noção dos posts que eles publicam regularmente e veja se poderia criar algo semelhante para divulgar seus próprios produtos.

Use os dados do público-alvo para montar personas

Se você ainda não sabe o que é persona, chegou a hora de aprender como funciona esse conceito fundamental para suas estratégias de marketing e vendas digitais.

Persona é um personagem semifictício que representa o seu cliente ideal. Ela tem nome, idade, desafios, necessidades, hobbies, desejos e hábitos específicos.

É semifictício porque, de um lado, a persona é baseada em dados reais do seu público-alvo e, de outro, o nome e as características pessoais da persona são coisas inventadas.

Criar personas é uma ótima maneira de organizar e detalhar os diferentes perfis que compõem seu público-alvo. Isso é especialmente útil se você tiver um produto que atraia uma ampla faixa de consumidores.

Por exemplo, se você vende cursos na internet, é bem provável que você precise atrair potenciais clientes com diferentes idades, que estão em diferentes estágios da vida e, por isso, têm necessidades diferentes acerca do mesmo produto.

Nesse caso, é importante ter mais de uma persona. Você pode ter uma persona chamada “Eduarda” e outra chamada “Thiago”. Embora as duas estejam atrás da mesma solução, elas são movidas por necessidades e desejos diferentes.

Criar personas vai facilitar a organização das suas estratégias digitais. Sempre que você for investir em tráfego pago, por exemplo, poderá escolher se quer direcionar seus anúncios para Eduarda ou para Thiago.

É isso, chegamos ao final do conteúdo. Esperamos que você tenha gostado das dicas de como definir seu público-alvo. Agora, o mais importante é começar analisando as características do seu próprio produto até chegar na fase de montar sua persona. Boa sorte!

O universo do Marketing Digital está cheio de outros conceitos que podem confundir sua cabeça. Para evitar mais dúvidas, saiba agora o que é funil de vendas!

Guia prático: obtendo sucesso no trabalho em um programa de afiliados

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.