Fotografia de uma mulher trabalhando de casa ministrando uma aula.

Como ganhar dinheiro na área da educação?

Muitas pessoas estão descobrindo como ganhar dinheiro na crise, e empreender na área de educação é uma das alternativas mais promissoras do momento. Afinal, esse é um segmento que nunca para de ofertar oportunidades e criar demandas.

Já parou para pensar que, ano após ano, mais turmas são abertas em instituições de ensino? Além disso, novos formatos digitais permitiram que surgissem outras opções de empreendedorismo na educação — desde cursos online até materiais ricos de estudos.

Então, que tal conferir algumas ideias para fazer renda extra e até iniciar um trabalho autônomo no mercado de educação? Veja o passo a passo que preparamos sobre o assunto e comece o quanto antes!

O que empreender na educação?

Antes de mergulharmos nas ideias específicas sobre o que empreender na área da educação, é fundamental compreender a amplitude e a diversidade desse setor. A educação é um campo vasto, com inúmeras possibilidades que vão desde a educação infantil até cursos profissionalizantes e de desenvolvimento pessoal para adultos.

Além disso, com a ascensão do ensino a distância e das tecnologias educacionais, novos horizontes se abriram para empreendedores criativos e inovadores.

Agora, vamos explorar algumas oportunidades que você pode aproveitar para criar seu espaço nesse mercado em constante evolução.

1. Revenda materiais de estudos

Compartilhar materiais de terceiros sem autorização é crime. Porém, é possível revender apostilas e outros conteúdos educacionais de forma legal e segura, sabia? Muitas editoras e outras empresas de educação elaboram produtos, oferecendo a oportunidade de revender e indicá-los.

Isso acontece muito com apostilas de concursos, por exemplo. Mas existem outras vertentes em que as marcas buscam consultores para potencializar a venda dos seus materiais educacionais, sobretudo em cursos profissionalizantes.

2. Ofereça cursos ou aulas particulares

Se antes essas eram práticas promissoras, depois da pandemia do coronavírus, a demanda por aulas e cursos online aumentou bastante. Muita gente está em busca de professores particulares para inúmeras áreas de conhecimento.

Além de dar aulas, você também pode criar cursos e usá-los como forma de ganhar dinheiro na internet, por exemplo, gerando o que chamamos de renda recorrente. Toda vez que alguém assinar ou fizer o download do material, o valor pago será enviado à sua conta.

3. Procure oportunidades nas instituições de ensino

Muitas empresas de educação estão em busca de profissionais constantemente. A demanda não é só por professores, viu? Vários setores internos das instituições ofertam vagas e oportunidades interessantes, como na área de prospecção de alunos.

Além de ser uma boa chance de aumentar os ganhos ou até conseguir um emprego em tempo integral, você vai identificar as necessidades do público com mais facilidade. Assim, conseguirá diversificar sua renda com as demais ideias que citamos aqui!

4. Trabalhe como consultor de vendas na educação

As revendas de materiais educacionais fazem parte dessa opção, mas a promoção de vendas é bem ampla no mercado de educação. O consultor é aquele que vai impulsionar marcas, estimulando a compra dos clientes.

Assim, você vai executar diversas estratégias de vendas e marketing para prospectar novas conversões. Isso significa que sua missão será encontrar estudantes, por exemplo, que desejem fazer desde cursos livres até graduações, comprar materiais, entre outros.

5. Participe de um programa de afiliados

A proposta anterior pode ser facilitada por meio da rede de afiliados. Trata-se de um programa de vendas que também é conhecido como marketing de afiliados — e tem feito muito sucesso enquanto forma de trabalhar em casa.

Quer um exemplo? O Consultoria Educação reúne afiliados que indicam cursos de graduação a pessoas físicas interessadas em modalidades a distância e semipresencial. Assim, quanto mais alunos você prospectar, maiores serão os seus ganhos.

6. Desenvolva aplicativos educacionais

Com o aumento do uso de smartphones e tablets, o mercado para aplicativos educacionais está em plena expansão. Desenvolvedores e empreendedores podem focar na criação de apps que ofereçam desde aulas interativas até ferramentas de gestão de aprendizado.

Essa é uma maneira de utilizar a tecnologia para facilitar o acesso ao conhecimento e promover uma aprendizagem mais dinâmica e personalizada.

7. Organize eventos e workshops educativos

Organizar eventos, como palestras, workshops e conferências, voltados para o setor educacional, é outra forma de se posicionar neste mercado. Esses eventos podem ser tanto presenciais quanto online, alcançando um público maior.

Eles oferecem uma oportunidade para networking, aprendizado e compartilhamento de experiências entre professores, estudantes e profissionais da área, gerando renda através de inscrições, patrocínios e vendas de materiais relacionados ao evento.

8. Lance um serviço de mentorias para educadores

Um campo ainda pouco explorado, mas com grande potencial, é o serviço de mentorias voltado para educadores e instituições de ensino. Tornar-se um mentor na educação significa auxiliar professores e equipes pedagógicas a desenvolverem métodos de ensino mais eficazes, inovadores e adaptados às novas demandas tecnológicas e sociais.

Esse serviço pode ser oferecido tanto individualmente quanto para grupos, utilizando plataformas digitais para reuniões, workshops e sessões de planejamento.

Além de contribuir significativamente para a melhoria da qualidade educacional, essa iniciativa pode gerar uma excelente fonte de renda, posicionando-o como uma referência no mercado educacional.

Quais são os subnichos de educação?

Explorar diferentes nichos dentro da educação pode abrir portas para oportunidades únicas e innovadoras. Com um mercado tão vasto, as possibilidades são praticamente ilimitadas. Aqui estão algumas áreas que você pode considerar:

Educação infantil

A educação infantil é um campo fértil para o desenvolvimento de produtos e serviços educacionais. Desde aplicativos interativos até livros e brinquedos educativos, há uma demanda crescente por ferramentas que estimulem o aprendizado e o desenvolvimento cognitivo das crianças em seus primeiros anos de vida.

Educação para carreiras específicas

Com o mercado de trabalho em constante evolução, muitas pessoas buscam qualificação em carreiras específicas. Oferecer cursos, workshops e material didático voltado para áreas como tecnologia da informação, saúde, direito, e engenharia pode ser muito lucrativo.

Educação financeira

Outro nicho com potencial crescente é o da educação financeira. Com o aumento do interesse por investimentos, economia pessoal e gestão de finanças, cursos, livros, e consultorias nessa área têm atraído públicos de todas as idades.

Treinamento corporativo

O treinamento corporativo é essencial para empresas que buscam manter suas equipes atualizadas e bem treinadas. Desenvolver cursos de liderança, gestão de tempo, atendimento ao cliente e habilidades técnicas específicasc pode ser um caminho promissor.

Educação sustentável e ambiental

Com a crescente preocupação com as questões ambientais, a educação para a sustentabilidade se torna um nicho de grande importância. Oferecendo cursos, palestras e materiais educativos sobre conservação ambiental, sustentabilidade e práticas ecológicas, você pode atingir um público amplo e consciente.

Todas as formas de empreender na área de educação são bastante lucrativas e trazem benefícios aos envolvidos, concorda? Afinal, você estará incentivando o crescimento pessoal e profissionais de mais pessoas. Além disso, são alternativas de ganhos extras que podem se transformar em sua principal fonte de renda.

Gostou das nossas sugestões de empreendedorismo na educação? Confira, também, 8 empresas que aceitam afiliados e veja mais opções para aumentar sua renda!

Guia prático: obtendo sucesso no trabalho em um programa de afiliados

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.