educação na pandemia

Ensino superior na pandemia: um cenário de desafios e oportunidades

Quando algo fora do comum acontece lá fora, geralmente, achamos que nunca vai acontecer com a gente. Porém, com a Covid-19, aprendemos que tudo é possível — e o mundo inteiro vem sofrendo as consequências, principalmente quando o assunto é a educação na pandemia.

A crise sanitária, política e econômica se alastrou pelos quatro cantos do planeta, e o setor da educação ficou bastante comprometido. Mas estamos aqui para falar de uma parcela específica desse segmento: o ensino superior na pandemia enfrentou desafios.

O momento desafiador, inclusive, ainda está em pauta. Por isso, vamos discutir neste post alguns pontos relevantes, como o impacto na vida das pessoas e a importância do currículo atualizado nesse contexto de novas oportunidades de renda e carreira. Vale muito a pena conferir!

Quais são os desafios enfrentados pela educação superior no cenário de pandemia?

A educação no Brasil sempre teve lá seus obstáculos, mas a pandemia acentuou consideravelmente os desafios, não é mesmo? Desde o início de 2020, com a suspensão das aulas presenciais e demais atividades, as faculdades precisaram adotar o chamado ensino emergencial a distância.

E essa foi, realmente, a única saída para dar continuidade ao período letivo, seja em faculdade pública ou particular. Quem via o EAD com desconfiança, por exemplo, não teve saída a não ser reconhecer a sua importância. Afinal, de repente, todas as faculdades na pandemia meio que passaram a ser a distância!

Mas esse é um cenário complexo e imprevisível, porque a maioria das instituições de ensino superior do Brasil não estava preparada para oferecer esse tipo de espaço à sua comunidade acadêmica. A transição para o ambiente virtual não se resume apenas a transpor as atividades presenciais como sempre aconteceram, por exemplo.

A dinâmica online é outra, os envolvidos precisam de certa familiaridade com os recursos e o deficit de acesso às tecnologias ainda é um problema acentuado pela desigualdade social no Brasil. Docentes e estudantes, em sua maioria, além de não estarem adequadamente equipados, também não contavam com uma base de letramento digital — algo com o que, talvez, apenas as faculdades EAD já estavam realmente preparadas para lidar.

Por que, apesar dos desafios, o ensino superior se mostrou cada vez mais importante no currículo das pessoas?

Independentemente dos tipos de graduação ou do nicho de atuação, um fato é que, se a educação na pandemia se transformou, o peso dos currículos também. Isso porque, com o mercado aquecido apenas em segmentos estratégicos, as pessoas viram a necessidade de se especializar.

Nesse contexto, o ensino superior na pandemia foi um grande aliado para que muitos profissionais conseguissem uma recolocação, ou até uma transição de carreira. Para ter ideia, o setor de tecnologia foi um dos que mais cresceram — e a revolução digital chegou até ao setor da saúde e também de entretenimento.

A verdade é que, apesar da crise instalada e das altas taxas de desemprego, surgiram também novas oportunidades e até profissões. Quem teve um pensamento mais analítico e menos alarmista durante a pandemia viu nos estudos uma maneira de se destacar e ganhar competitividade no “novo mercado”.

Como esse cenário da educação superior na pandemia apresenta possibilidades de renda e carreira?

Para deixar o tópico anterior mais claro, também precisamos pensar na situação educacional pelo viés financeiro. Será que vale a pena pagar faculdade, por exemplo, em tempos de crise econômica? Bem, se você enxergar isso como um investimento de longo prazo, vale sim!

Vamos pensar juntos? Com tantas profissões comprometidas com a pandemia, outras ficaram aquecidas, mas dependem de pessoas qualificadas. Então, se você tem em mãos um currículo atrativo, pode se inserir nessas novas possibilidades — e ainda contar com melhores salários.

Além disso, fazer faculdade na pandemia não é um desafio quando se trata de deslocamento, custos adicionais e tempo disponível. Afinal de contas, com o ensino superior a distância, você ganha flexibilidade na agenda, autonomia nos estudos e até ampliação do alcance geográfico, proporcionado pelas tecnologias.

Então, se o seu sonho era fazer uma faculdade que não é ofertada na sua cidade, agora é possível cursar a graduação de casa, sem problemas. Outro ponto positivo é que, com a infraestrutura física praticamente desnecessária para a rotina de estudos, os cursos EAD têm mensalidades menores, que cabem no seu bolso.

Quer mais uma vantagem? Ao dominar as tecnologias para estudar, você também pode aproveitar o seu letramento digital para fazer uma renda extra e ganhar dinheiro na crise. Isso porque, como dá para conciliar melhor seus horários, você pode trabalhar e estudar sem contratempos.

O que é o App da Consultoria Educação e por que fazer parte?

Mas dá para empreender com o quê? Você deve ter se perguntado, certo? Bem, se a educação na pandemia consegue transformar a vida de quem estuda, imagine só a vida de quem a promove! E o meio digital abriu muitas portas, sendo o App Consultoria Educação uma delas.

A proposta dessa plataforma de vendas de cursos de ensino superior é justamente essa: alavancar o ensino superior na pandemia e até mesmo quando ela acabar. Ao fazer parte dessa revolução educacional, você não só ajuda a educação no Brasil, mas também ganha financeiramente com isso.

Um consultor da Consultoria Educação indica cursos de graduação para pessoas interessadas e recebe uma espécie de comissão por cada matrícula realizada. Para atuar nesse tipo de consultoria, você precisa apenas de uma conexão com a internet e algum dispositivo eletrônico para começar — computador, celular, tablet etc.

Daí é só iniciar a indicar os cursos superiores do grupo Kroton e fazer uma renda bacana até para pagar sua própria faculdade, por exemplo. Assim, você pode estudar tranquilamente, fazer uma renda extra e trazer mais pessoas para o ensino superior.

Embarque nessa com a gente!

A área de educação na pandemia é, sim, um enorme desafio. Mas, quando temos a direção, podemos superar os impasses deixados pela crise. Quanto mais profissionais capacitados e com o currículo preparado, mais aquecido fica o mercado. E, assim, a gente atravessa a crise juntos, que tal?

Então, se você quer fazer faculdade na pandemia mesmo e ainda garantir uma renda extra, saiba que estamos com você. Veja como tornar seu sonho da faculdade particular possível!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.