Facebook Ads para afiliados: fotografia de uma mulher trabalhando de home office com seu computador.

Como funciona o Facebook Ads para afiliados?

Não tem jeito: o Facebook ainda é uma das principais plataformas sociais do mundo. E, com a aquisição do Instagram há alguns anos, a proporção de acessos se tornou ainda maior. Por isso mesmo, o Facebook Ads é uma boa alternativa.

Assim, para afiliados que querem alcançar mais pessoas, fortalecer a própria marca e vender mais, vale a pena conhecer a ferramenta e entender como ela funciona. Neste post, você aprende tudo sobre o Facebook Ads para afiliados — inclusive as regras específicas para esse tipo de link. Continue lendo e saiba mais!

O que é Facebook Ads?

O Facebook Ads é a plataforma de anúncios do Facebook que engloba também o Instagram. Nela, é possível criar campanhas de tráfego pago — ou seja, de anúncios — que trazem mais pessoas para o seu negócio.

Uma das principais vantagens do Facebook Ads é a possibilidade de definir em detalhes como cada uma das suas campanhas vai funcionar. Ou seja: além de escolher o seu público, você também pode definir o tamanho da campanha e quanto dinheiro ficará investido, o que ajuda pequenos negócios a começar na plataforma.

Além disso, todos os dados relativos às campanhas também ficam armazenados no mesmo lugar. Dessa maneira, você tem total controle sobre o desempenho das suas campanhas e pode acompanhá-las em tempo real, definindo novas estratégias a partir dos resultados.

Posso usar o Facebook Ads para divulgar links de afiliado?

Sim! A plataforma Facebook Ads pode ser usada na divulgação dos seus links de afiliado, bem como do seu site ou perfil nas redes sociais. No entanto, é necessário um pouco de atenção nesse processo.

Para divulgar o seu link de afiliado no Facebook Ads, você precisa ter uma landing page — isto é, uma página de negócios para a qual o usuário será redirecionado. Caso contrário, a plataforma pode banir a sua conta.

Imagine, por exemplo, que você é um afiliado da Consultoria Educação e está divulgando uma das nossas graduações 100% online pelo seu link de afiliado. Em vez de fazer um anúncio e colocar esse link diretamente nele, é preciso que você crie uma página de vendas e coloque o seu link de afiliado lá. Depois, divulgue o link dessa página nos anúncios. 

Ou seja: você pode usar o Facebook Ads para divulgar produtos e serviços como afiliado, mas precisa fazer isso de forma indireta, levando a pessoa usuária para uma página focada em vendas.

Como anunciar no Facebook Ads sendo afiliado?

Agora que você já conhece a principal regra para usar o Facebook Ads como afiliado, chegou o momento de entender como colocar em prática a aquisição de tráfego usando os anúncios. 

Para isso, partiremos do princípio de que você já montou a sua Landing Page e já tem um link para acesso dos usuários. Se esse não for o caso, comece pela elaboração de uma LP atrativa! 

Depois, basta seguir o passo a passo abaixo para anunciar no Facebook Ads sendo afiliado!

Passo 1: Crie a sua conta

Antes de mais nada, você precisa ter uma conta no Facebook Business. Por meio dela, você cadastra o seu perfil de anunciante e dá mais detalhes sobre o seu negócio.

Também é necessário cadastrar uma forma de pagamento, como um cartão de crédito ou débito. É através dela que você conseguirá fazer os investimentos iniciais de cada anúncio.

Passo 2: Crie e instale o seu Pixel de Acompanhamento

O Pixel de Acompanhamento é um código que permite que o Facebook Ads acompanhe as ações das pessoas que chegam até o seu anúncio e vão dele para a sua landing page. Ele é completamente invisível, mas é fundamental para que você tenha dados concretos da movimentação da pessoa usuária na página.

Com base nesses dados, você consegue traçar estratégias de marketing mais assertivas, observando possíveis gargalos no funil de vendas e na navegação dos usuários.

Para criar o seu Pixel de Acompanhamento, basta acessar o Gerenciador de Eventos do Facebook Ads. Lembre-se de dar um nome estratégico ao seu Pixel, pois ele servirá como um dado relevante no futuro. Dessa forma, você precisa saber a que anúncio ele se refere.

Alguns programas de afiliados são automaticamente integrados ao Facebook, o que facilita a instalação do Pixel de Acompanhamento na página. No WordPress, você também conta com plugins que fazem esse trabalho de forma simplificada. Em todo caso, porém, o código do Pixel pode ser adicionado ao código da página de forma manual.

Passo 3: Crie a sua campanha

Na área do Gerenciador de Anúncios do Facebook Ads, na seção de “Campanhas”, você deve clicar no botão “Criar” para começar a sua primeira campanha. Em seguida, deve preencher todas as informações solicitadas.

O primeiro passo, nesse caso, é definir o seu objetivo. De modo geral, são três os principais objetivos no tráfego pago: reconhecimento de marca, consideração e conversão. Para defini-los, você deve ter em mente a etapa do funil de vendas em que os usuários se encontram ao se deparar com aquele anúncio.

Em seguida, você também define:

  • Para onde a sua campanha será direcionada (no caso dos afiliados, para a Landing Page ou para o seu site);
  • Qual Pixel será ligado a essa campanha, caso você tenha mais de um;
  • Quem é o público da campanha, determinando informações como idade, localização, gênero, interesses etc.;
  • Qual evento de conversão você quer rastrear (adicionar o produto ao carrinho, finalizar a compra, fazer um download etc.).

Por fim, é chegada a hora de estipular o orçamento da campanha. Lembre-se: quanto maior o valor gasto, maior o alcance daquele anúncio. Para quem ainda está começando no tráfego pago e no marketing de afiliados, porém, vale a pena investir, primeiro, em campanhas menores.

Passo 4: Invista em anúncios visualmente interessantes

Antes de colocar um anúncio no ar, também é fundamental ter em mente que ele deve ser atrativo para os usuários. Hoje em dia, somos cada vez mais bombardeados com propagandas enquanto usamos as redes sociais, de modo que, para que o seu anúncio funcione, é importante que ele consiga chamar a atenção.

Em alguns casos, os anúncios podem ser uma publicação que já existe nas suas redes sociais. Se optar por esse caminho, escolha uma que ofereça as informações necessárias para a pessoa usuária.

Se, por outro lado, você preferir criar um anúncio do zero, lembre-se de apostar em um bom CTA, além de usar efeitos visuais interessantes — imagens, tipografias diversas, etc.

Passo 5: Defina o local do anúncio

O “local” do anúncio diz respeito ao lugar da plataforma onde ele vai aparecer. Em alguns casos, por exemplo, pode ser mais interessante que o anúncio se dê em formato de stories, enquanto, em outros, publicações no feed podem ter mais efeito.

Tudo dependerá, é claro, da sua estratégia e do tipo de conteúdo que você produziu. Para saber melhor onde seus anúncios devem aparecer, uma dica é observar as tendências do seu mercado e fazer testes, investigando onde o seu público costuma interagir mais com você.

Passo 6: Colete dados!

Por fim, chegou a hora de publicar o seu anúncio

Mas o trabalho não para por aí: com ele no ar, você deve se manter atento e continuar coletando dados relevantes. No seu painel de anúncios do Facebook Ads, você encontra todas as informações mais importantes sobre acessos e conversões.

Com base nesses dados, você consegue traçar estratégias mais assertivas para novos anúncios, ou fazer modificações relevantes. Lembre-se: os dados sobre as suas campanhas são a base a partir da qual você estabelece quais caminhos seguir (ou não!) no futuro.

Fotografia com foco nas mãos de uma pessoa digitando em um computador.

Quanto o Facebook Ads paga?

O Facebook Ads não faz pagamentos para quem anuncia na plataforma. Na verdade, é você quem deve pagar uma quantia (que pode variar de acordo com o tipo de campanha e o mercado) para que seus anúncios sejam divulgados.

O valor recebido depende do número de conversões que você faz a partir daquele anúncio. Para calcular quanto você lucrou, é preciso calcular o ROI, o retorno sobre investimento.

Por isso, antes de apostar no Facebook Ads como afiliado, é fundamental entender como o tráfego pago funciona e quanto investimento você pode fazer. Afinal, os resultados não são garantidos.

Esperamos que este conteúdo tenha te ajudado a entender melhor como funciona o Facebook Ads para afiliados. Agora, aproveite e baixe o aplicativo da Consultoria Educação para começar a fazer uma renda extra sem sair de casa!

Guia prático: obtendo sucesso no trabalho em um programa de afiliados

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.