faculdade pública ou particular

Faculdade pública ou particular? Qual é a melhor opção?

O ensino superior é o caminho mais comum para todos aqueles que já passaram pelo ensino médio e desejam construir uma carreira sólida. Mas se engana quem acha essa uma decisão fácil. Afinal, além de escolher o curso, é importante pensar se o melhor caminho é fazer faculdade pública ou particular.

Se você tem dúvidas sobre qual caminho seguir, está no lugar certo. Nós da Consultoria Educação separamos todos os detalhes que envolvem a decisão entre fazer faculdade pública ou particular. Queremos ajudar você a tomar uma decisão certa para dar rumo à sua carreira profissional. Confira e tire suas dúvidas!

Por que investir em uma faculdade?

Antes de tudo, vale a pena entender por que entrar na faculdade é, sim, uma decisão que pode mudar sua vida profissional para sempre. Entenda os principais motivos a seguir.

Valorização no mercado de trabalho

Se algum dia você já ouviu falar que entrar na faculdade pode aumentar o seu salário, saiba que essa informação é correta. Na realidade, quanto maior é o seu nível de especialização, mais valorizado tende a ser o seu trabalho. Salários mais altos para os mais qualificados: essa é a regra. Entrar na graduação é apenas o primeiro passo.

No Brasil, estima-se que o salário de um pós-graduado aumente em 118%. O dado é de uma pesquisa recente conduzida pela Catho (a 54.ª edição da Pesquisa Salarial). Por isso, não é exagero dizer que o investimento em educação tem um impacto direto na valorização que as empresas terão sobre o que você faz.

Possibilidades de especialização

Um curso de pós-graduação (stricto sensu ou lato sensu) geralmente tem uma duração menor que uma graduação: dura cerca de 2 anos. O impacto de uma formação como essa vai muito além do nível de remuneração que o profissional recebe, pois a rotina de trabalho também passa por grandes mudanças.

Em linhas gerais, cargos que exigem diplomas de especialização demandam atividades mais técnicas e específicas, além de menos horas de trabalho: você recebe mais dinheiro e consegue trabalhar menos tempo. Na rotina de um profissional, isso garante ainda mais qualidade de vida e satisfação com o trabalho.

Networking

Na faculdade, você conhece pessoas de diferentes lugares, às vezes até de outros países, além de ter contato com áreas de atuação semelhantes à sua. Sem falar que, durante os anos de graduação, o aluno forma uma rede de contatos (networking) que pode ser extremamente útil para conseguir futuras oportunidades de emprego.

Faculdade pública ou privada: o que considerar na escolha?

Ok, vimos que uma graduação é, sem dúvidas, o caminho fundamental de quem deseja crescer profissionalmente. Agora, vamos apresentar três critérios simples que vão ajudar você a escolher entre faculdade pública ou privada.

Formas de ingresso

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é a principal porta de entrada para as faculdades públicas brasileiras. Com a nota do Exame, é possível participar dos programas de ingresso oferecidos pelo Governo Federal e disputar bolsas para pagar os estudos. Porém, essa é, na maioria dos casos, a única porta de entrada para o ensino superior público.

Pouquíssimas instituições de ensino estaduais e federais têm os seus vestibulares tradicionais. Quando existe essa possibilidade, as chances de conquistar uma bolsa são remotas, dada a concorrência muito alta por vaga. Nos programas do Governo Federal que aceitam a nota do Enem, encontra-se a mesma situação.

Não é o que acontece na rede privada. Uma faculdade particular conta com seu vestibular próprio, que pode ser online e agendado. Além disso, é comum que exista a possibilidade de usar a nota do Enem como forma de ingresso para substituir a prova do vestibular.

Em suma, as formas de ingresso em faculdades particulares são mais simples e amplas, comparadas às de faculdades públicas.

Grade curricular do curso

A pesquisa da grade curricular é um dos cuidados que o futuro aluno de graduação precisa fazer antes de se matricular em um curso. Isso vai mostrar para você como a graduação está organizada e quais assuntos aprenderá durante os anos de formação.

Independentemente de qual curso você escolher, é importante optar por uma instituição que ofereça uma grade curricular atualizada, condizente com as demandas do mercado de trabalho para determinada área.

Embora as faculdades públicas brasileiras tenham um renome e respeito muito grande na sociedade, infelizmente muitos cursos deixam a desejar na atualização da grade curricular. Essa característica é mais percebida na rede privada de ensino, por ter uma preocupação mais prática com o mercado de trabalho.

Preparação para o mercado de trabalho

Pesquise os programas de incentivo ao ingresso no mercado de trabalho que são oferecidos pelas faculdades. As aulas práticas e as disciplinas de estágio são, com certeza, fundamentais para ter um contato com a prática do trabalho, mas veja se a instituição vai além disso e tem a real preocupação de ajudar o aluno a conquistar um emprego.

Como escolher a faculdade ideal para mim?

Além de avaliar as formas de ingresso, a grade curricular do curso e o incentivo ao mercado de trabalho, considere algumas questões pessoais para escolher a melhor faculdade. Comece pelas sugestões a seguir.

Identifique o curso ideal

Considere seus interesses e aptidões pessoais na escolha do curso. O que pode ajudar é pensar nas disciplinas do ensino médio de que você mais gostava. Tendo algumas opções em mente, veja se elas são oferecidas nas faculdades. Por ser mais atentas ao mercado de trabalho, as faculdades particulares costumam oferecer um leque maior de opções.

Escolha a modalidade de ensino

Nem sempre um curso presencial é a melhor escolha para a rotina de um estudante. A boa notícia é que existem opções mais flexíveis para muitos cursos: as modalidades de ensino a distância e semipresencial.

Veja se a instituição tem o que você precisa

Também avalie a faculdade do ponto de vista da infraestrutura oferecida aos alunos. Isso envolve: bibliotecas, canais de suporte em caso de dúvidas, salas climatizadas, espaços de lazer, laboratórios, equipamentos modernos etc. É um critério que vale tanto para cursos presenciais quanto para cursos a distância.

Existe um jeito mais fácil de pagar a faculdade?

Se você optar por uma faculdade particular, existe, sim, um jeito mais fácil de fazer a graduação caber no seu bolso. Veja algumas possibilidades logo abaixo.

Bolsas de estudo institucionais

Se pagar a faculdade é uma preocupação central para você, veja se a instituição de ensino tem um programa de bolsas de estudo. Algumas faculdades oferecem para os alunos que realizam o Enem, por exemplo, bolsas de estudo que podem chegar até 100% da mensalidade.

Opções de descontos na mensalidade

Para os alunos que não se enquadram nos critérios para receber as bolsas, as instituições particulares de ensino superior geralmente oferecem outras opções de descontos na mensalidade. Pesquise para saber se você se encaixa nos critérios exigidos.

Agora é com você!

Neste post, vimos alguns critérios que precisam ser considerados na escolha de uma faculdade pública ou particular. Agora, vá em busca da graduação que levará você aos seus objetivos profissionais.

Já pensou em tudo que precisa para ingressar na faculdade? Se ainda tem dúvidas sobre o assunto, entenda como tornar o ensino superior um sonho possível!

[E-BOOK] Guia completo de renda extra sem sair de casa: tudo que você precisa saber

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.