Fui demitido, e agora? 5 dicas para contornar a situação

Uma das maiores crises financeiras da história cresceu com o isolamento social. Nesse cenário, muitas empresas acabaram fechando, e pessoas precisaram ser dispensadas. A sensação de “fui demitido! E agora?” é realmente terrível, mas saiba que existem algumas formas de contornar a situação e gerar renda!   

E pode ficar tranquilo, pois as opções que daremos podem ser realizadas facilmente. Você não vai precisar fazer investimentos financeiros, nem ter algum curso superior por enquanto — apesar de recomendarmos essa prática. Muitas vezes, também nem é preciso comprovar experiência. Então, veja algumas dicas!

Trabalhe com vendas por comissionamento

Uma das formas é ajudar a anunciar e vender produtos de empresas. A profissão é uma espécie de influencer digital, já que é preciso apresentar as vantagens de determinado produto ou serviço e convencer potenciais consumidores a adquiri-lo. Nesses casos, o pagamento pode ser feito por porcentagem de um valor ou, dependendo do negócio, por um contrato combinado com salário fixo mensal.

Considere trabalhar como afiliado

A rede de afiliados funciona como uma espécie de vendas por comissão, mas com uma vantagem: não é necessário ser alguém conhecido ou famoso nas redes sociais. Se você se dedicar e tiver habilidades de persuasão, provavelmente vai conseguir levantar uma boa grana.

Um exemplo desse trabalho é indicar cursos de graduação nas modalidades online e semipresencial às pessoas. Ou seja, você pode falar sobre as ofertas de determinada instituição para que elas conheçam melhor as possibilidades. A cada aluno matriculado, você ganha uma comissão. Simples assim!

O App Consultoria Educação é uma boa ferramenta e pode ajudar bastante nisso. Basta realizar o cadastro, seguir as instruções e promover as graduações oferecidas por meio da internet.

Tire certificações para melhorar seu currículo

Além de melhorarem o currículo, as certificações nos dão habilidades importantes. Assim, em vez de ficar pensando “fui demitido, já era!”, procure preencher o tempo ocioso assistindo a videoaulas interessantes. Na quarentena, algumas instituições estão propiciando cursos gratuitos, então é uma oportunidade de crescer pessoal e profissionalmente.

Opte por um trabalho como freelancer

Já conhece o trabalho freelance? Existem muitas opções, como redação, revisão e design. Podem ser feitos de forma online e não costumam exigir nível superior. Alguns dos serviços pedem conhecimentos específicos, mas é possível adquiri-los por meio de cursos rápidos e gratuitos. 

Os profissionais são pagos de maneira pontual, ou seja, recebem a cada produção entregue. Algumas plataformas fazem a intermediação entre os freelancers e os clientes, facilitando a vida de quem ainda está começando.

Use seu networking para conquistar novas oportunidades

O networking é uma rede de contatos que pode ser mantida de forma offline ou online. Ultimamente, o LinkedIn tem beneficiado muitas pessoas, uma vez que facilita a conexão entre profissionais com os mesmos interesses.

Para ter sucesso nessa empreitada, é importante preencher todas as informações do perfil, fazer publicações interessantes e interagir com outras pessoas. Deixe evidente o cargo que você procura, pois isso facilita que recrutadores encontrem você.

No primeiro momento em que nos deparamos com a sensação de “fui demitido”, tendemos a sentir certo desespero. Se isso acontece no meio de uma pandemia ou crise financeira, então, o sentimento é de que tudo está perdido. Mas o nosso conselho para sair dessa é tentar manter a calma e abrir a mente para analisar cada possibilidade existente, combinado?

Gostou das dicas? Então compartilhe o texto com seus amigos nas redes sociais, pois isso ajudá-los também!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.