marketing sazonal

O que é marketing sazonal? Saiba como utilizá-lo nas vendas

O marketing sazonal é uma das estratégias mais interessantes para a captação de alunos no mercado de afiliados com foco na área da educação. Início, meio e fim de ano são exemplos de períodos em que as faculdades podem ver aumento significativo na taxa de matrículas. Isso representa mais vendas para os afiliados digitais do setor.

Para aproveitar a sazonalidade, você deve conhecer quais as datas mais importantes para o meio educacional. Seu objetivo é despertar o interesse dos potenciais alunos em momentos de maior propensão, como a época de inscrições no vestibular. Neste artigo, vamos mostrar como usar as campanhas sazonais a seu favor. Boa leitura!  

O que é marketing sazonal? 

Antes de falar sobre o que é marketing sazonal, vale destacar que a palavra “sazonal” se refere a algo temporário. Isto é, a sazonalidade ocorre em uma determinada época do ano. Por isso, ela entra no seu planejamento estratégico em períodos específicos como um bônus para potencializar resultados.

No comércio, o ponto forte para aumentar as vendas envolve datas comemorativas, como Natal, Dia das Mães e Black Friday. Afinal, é quando as pessoas têm uma predisposição maior para as compras. É neste contexto que entra o marketing sazonal, com o propósito de aproveitar essa tendência para estimular ainda mais o consumo.

Portanto, podemos dizer que marketing sazonal é um conjunto de estratégias para alavancar as vendas em épocas específicas do ano. Isso não significa ignorar outros períodos ao longo dos 12 meses, mas usar a sazonalidade para aumentar as conversões quando o que você vende tem procura maior. 

Esse tipo de marketing também ajuda a equilibrar os resultados (sua saúde financeira) em um momento de baixa. Afinal, todas as áreas têm produtos ou serviços com maior ou menor demanda durante o ano. Então, identificar as melhores épocas para o seu negócio garante bons resultados o ano todo e evita prejuízos em períodos de escassez.

Como é o marketing sazonal na educação?

Embora as datas comemorativas sejam o exemplo de marketing sazonal mais conhecido, não podemos nos limitar a elas. Ao usar a estratégia na área da educação, o afiliado digital deve ir além em seu planejamento. 

Assim como o comércio tem a jornada de compra para acompanhar o caminho de potenciais clientes pelo funil de vendas, a área da educação tem a jornada do aluno. Então, para extrair o aproveitamento máximo da sazonalidade, os afiliados devem conhecer quais os momentos mais decisivos para definir a melhor forma de:

  • apresentar diferenciais competitivos e destacar a credibilidade da faculdade;
  • usar o valor das mensalidades como um atrativo para incentivar a matrícula;
  • oferecer flexibilidade de pagamento (descontos, parcerias, bolsas, financiamento estudantil) e suporte ao aluno na hora de dúvidas;
  • mostrar a facilidade do processo de admissão com a possibilidade de fazer todo o processo online, inclusive acompanhar aulas (no caso de cursos EAD);

Você pode aproveitar datas como o Dia da Educação (abril), Dia do Estudante (agosto), Dia do Professor (outubro) e pesquisar os dias das profissões de acordo com seu catálogo de cursos. Nesses casos, vale investir mais em ações de branding para fortalecer a imagem da instituição de ensino e o relacionamento com os alunos.

Uma boa estratégia de marketing sazonal na educação define as datas mais importantes de forma antecipada. E inclui também os momentos de maior relevância para a captação de alunos, quando as matrículas estão abertas. Por isso, as melhores épocas envolvem o início e o fim do ano letivo, bem como a metade do ano (virada de semestre).

Quando a sazonalidade é ruim?

Como a definição da palavra já indica, a sazonalidade é temporária. Por isso, sua estratégia não pode depender apenas dela. O marketing sazonal é aplicado como um complemento para aumentar as matrículas em períodos de alta sazonalidade, bem como equilibrar a saúde financeira em momentos de baixa procura por cursos.

Então, início e fim do ano (dezembro e janeiro), bem como a virada do semestre em junho merecem esforços à parte, mas não devem concentrar todos os seus esforços. Vale ressaltar que o final de um ciclo letivo também representa uma oportunidade para reter alunos. Aliás, o ano todo pode envolver ações de retenção, além da captação de novos estudantes.

Se a faculdade tiver cursos livres, ou seja, aqueles que não seguem necessariamente um calendário regular, você pode aproveitar outras épocas do ano para divulgá-los. Podem ser cursos de idiomas ou de extensão, com curta duração. Lembre-se também de promover as profissões conforme o catálogo de cursos da instituição e as datas ao longo do ano.

Como utilizar o marketing sazonal para vender mais?

Para ter eficiência em seu planejamento, a estratégia da sazonalidade envolve mais do que apenas prestar atenção em datas. É importante estar de olho nas tendências de marketing digital, usar sua base de dados sobre os atuais alunos para personalizar e seguir os passos que vamos compartilhar a seguir. 

Faça um planejamento de captação de alunos

Na hora de começar a criar o seu plano, já inclua o marketing sazonal, levando em conta as características da sazonalidade e o perfil dos alunos. Coloque no papel os seus objetivos e quais cursos terão destaque em cada período. Pense em ações integradas entre on e off para anunciar preços, promoções e formas de pagamento.

Escolha as datas mais relevantes para cada ação

Dentro do planejamento, é importante indicar as datas mais relevantes para a área, bem como definir o período para cada ação. Liste os dias que podem render campanhas sazonais e os meses que serão trabalhados, definindo um tempo de duração para cada ação. Esse passo ajuda a entender suas prioridades e os esforços para cada época.

Defina uma mensagem para suas campanhas

O que você quer passar com suas campanhas? Ao definir uma mensagem, fica mais fácil encaixar as ações de acordo com a jornada dos alunos e despertar o interesse em fazer a matrícula. Se quiser criar uma oportunidade de interação, convide os potenciais estudantes a assistir uma aula de degustação ou um webinar sobre um determinado curso.

Crie um cronograma de acompanhamento

Contar com um cronograma facilita o acompanhamento de todas as campanhas sazonais. Fica mais fácil definir o período de produção do conteúdo, programar o envio de e-mails ou a organização de uma live, agendar postagens nas redes sociais. Enfim, organizar todas as ações para que elas aconteçam no momento certo.

Ajuste as ações de acordo com o desempenho

Uma das maiores vantagens do marketing digital é a possibilidade de mensurar tudo o que você faz por meio de métricas. Por isso, acompanhe as campanhas sazonais e faça ajustes de acordo com o desempenho de cada uma. Realize avaliações constantes e não tenha medo de errar, desde que você corrija rápido e se adapte aos obstáculos. 

Aproveite o marketing sazonal!

Mesmo que os meses de dezembro e janeiro criem mais oportunidades para o marketing sazonal na educação, enquanto há demanda, pode haver também a captação de alunos. Ao planejar, definir a mensagem que quer passar, montar um cronograma e acompanhar o desempenho das ações, você tem a chance de impulsionar seus resultados. 

Quer se aprofundar mais no assunto? Então, confira como aplicar o marketing digital na área da educação

[E-BOOK] Guia completo de renda extra sem sair de casa: tudo que você precisa saber

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.