Torne-se um nômade digital com estas 4 atitudes

Já pensou em trabalhar nos horários que você mesmo determinar? Cumprir as tarefas no ritmo que for melhor e sem depender de trânsito intenso? Essa é uma situação desejada por muitos trabalhadores, mas nem todos conseguem transformá-la em realidade.

Entretanto, poder viajar e trabalhar ao mesmo tempo, unindo o lazer ao serviço, é possível para algumas pessoas. Quem leva a vida desse jeito já tem até nome: é chamado de nômade digital.

Benefícios como liberdade de horários, autonomia e possibilidade de conhecer outros lugares enquanto atua profissionalmente fazem parte desse conceito. Quer saber como ser nômade digital e trabalhar pela internet? Explicamos aqui, é só continuar lendo!

Faça um planejamento

Nômade é uma pessoa que não tem endereço fixo, vive se mudando de um lugar pro outro. Os nômades digitais carregam o notebook — sua principal ferramenta — para onde vão. Desde que tenha internet no local, eles montam o próprio escritório e começam a trabalhar.

Pode ser um quarto, a beira de uma piscina, um lobby de hotel, um coworking, tanto faz. O importante é ter um espaço confortável, sem muito barulhos ou distrações, e estabelecer uma boa conexão com o universo online.

Em caso de insatisfação com o emprego ou depois de uma demissão, por exemplo, é preciso se planejar. Você vai ficar em busca de vagas no mercado ou de diferentes alternativas, como o nomadismo digital? De qualquer forma, o planejamento é insubstituível.

Procure opções de ganhar dinheiro na internet, como:

  • rede de afiliados;
  • construção de sites;
  • marketing digital;
  • contabilidade;
  • vendas em casa;
  • tradução e revisão de textos;
  • aulas particulares online.

Tenha equipamentos adequados

Todo nômade digital precisa estar preparado para surpresas com falhas nos equipamentos. Por isso, tenha bons aparelhos: um smartphone e um notebook, para começar. Pode ser que você esteja em uma cidade pequena, onde não vai encontrar um técnico ou um lugar para comprar peças para os aparelhos.

A dica, então, é manter os equipamentos em boas condições de uso, além de levar sempre um material de reserva. Fone de ouvido, mouse e até um notebook extra podem ser úteis em uma emergência — e não pesam tanto na mala.

Pesquise os melhores destinos

Sem dúvida, uma das melhores vantagens do nômade digital é poder conhecer destinos maravilhosos, dentro ou fora do país. Afinal, a internet não tem limites, não é?

Como falamos acima, planejamento é tudo nessa rotina. Por isso, pesquise as melhores ofertas, as promoções para baixa temporada, permanência por tempo prolongado, os preços mais acessíveis etc.

Você vai se surpreender como pode gastar menos do que com as despesas de aluguel, água, energia e provedor de internet. Sem contar que, a cada dia, a paisagem da janela pode ser diferente, não é?

Conte com uma renda extra

Mesmo que você esteja empregado, nada o impede de começar a empreender na internet e fazer uma renda extra. Assim, você já vai se acostumando para quando virar um nômade digital de verdade.

Se você quer empreender e saber como ganhar dinheiro na crise para arcar com as despesas, procure plataformas de afiliados. Lá, você vende produtos de outras pessoas e recebe uma comissão por isso. É bem simples!

Agora você já sabe o que é nômade digital e viu as vantagens de adotar esse estilo de vida. Então que tal aderir a uma rede de afiliados? Essa é uma maneira prática e simples de entrar no mercado, sem precisar investir em nada além do notebook!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.