o que é landing page

Entenda o que é Landing Page e como usar no marketing de afiliados

Que tal gerar mais oportunidades de vendas como afiliado digital? Então, antes você precisa entender o que é Landing Page. Mesmo que o nome não pareça tão familiar à primeira vista, certamente você já passou por uma enquanto navegava pela web. De forma resumida, uma LP é uma página com foco em conversão.

Então, a estratégia faz parte de todo bom planejamento de marketing para afiliados e ajuda a atrair visitantes com potencial de se transformar em clientes.

Neste artigo, vamos mostrar para que serve a Landing Page e como usar a página de vendas a seu favor. Além disso, compartilharemos dicas de automatização e gestão. Confira!

Quais são os objetivos de uma Landing Page?

Se buscarmos na origem das palavras uma explicação para o que é Landing Page, podemos dizer que se trata de uma “página de aterrissagem” (seguindo a tradução do inglês). Em uma interpretação livre, podemos defini-la como uma página de destino com o intuito principal de levar a uma conversão. Portanto, seu maior foco é gerar vendas.

Como página de destino, a LP guia os visitantes a realizar uma determinada ação, que pode ser o download de um e-book ou acesso exclusivo a degustação de um curso, por exemplo. A estratégia também pode contribuir para aumentar a visibilidade da sua marca e atrair novos leads, além de atender demandas específicas:

  • coletar informações sobre visitantes que ainda não conhecem seu produto ou serviço, em troca de materiais ricos, para transformá-los em clientes posteriormente;
  • segmentar ofertas quando você atua como afiliado de diferentes produtos, dando ênfase a cursos em alta (na área da educação, por exemplo) ou lançamentos;
  • guiar usuários até seus produtos depois que eles clicam em anúncios.

Então, podemos dizer que uma Landing Page serve para transformar um visitante em cliente. Como isso acontece? Ele chega até sua página, preenche um formulário com alguns dados e, em troca, recebe um material rico (e-book, whitepaper, infográfico, aula degustação etc.). 

Ao conhecer suas ofertas, esse usuário se torna uma oportunidade de negócio. Além da venda, você pode usar as informações coletadas na LP para nutrir o relacionamento. Isso aumenta a confiança, a segurança e a fidelização. 

Vantagens de uma página de vendas

Contribuir para a geração de leads e de conversões não é a única vantagem de contar com uma Landing Page. Dependendo do tipo de informação que você coleta com o formulário, é possível segmentar os visitantes conforme o estágio do funil de vendas em que cada um está. Assim, fica mais fácil criar listas de acordo com o interesse de cada grupo de leads.

Além disso, a LP reduz o Custo de Aquisição de Clientes (CAC), já que dispensa horas de ligação ou dezenas de e-mails. Por meio de uma única página, você tem acesso aos dados mais relevantes do seu público, otimizando seu tempo e os recursos para investir em outras ações dentro do seu planejamento de marketing.

Como usar Landing Page no marketing de afiliados?

Para manter o foco nas vendas, uma Landing Page costuma apresentar poucos elementos em comparação com uma página tradicional. Afinal de contas, o objetivo é guiar o visitante até a call to action (CTA) — aquele botão que leva a uma ação. Por exemplo, “faça o download do e-book” ou “experimente uma aula grátis”. Entre os elementos mais comuns:

  • título e subtítulo: esse conjunto é a primeira informação que o visitante vai ver. Por isso, precisa ser atrativo para despertar seu interesse;
  • imagem e identidade visual: a aparência sempre tem apelo em uma página. Então, escolha uma paleta de cores que crie fácil identificação e uma ilustração atrativa para acompanhar a composição;
  • oferta: aqui entra a divulgação do que você quer oferecer ao seu potencial cliente. É o momento de usar suas habilidades de vendas para mostrar o que o usuário ganhará ao deixar seus dados;
  • formulário de captação: serve para coletar as informações dos leads. Os campos podem ser personalizados de acordo com os objetivos de vendas. Lembre-se de solicitar apenas os dados necessários para sua estratégia;
  • CTA: call to action (ou chamada para a ação) é o botão que dirá ao visitante o que ele deve fazer. Seja direto e objetivo, use poucas palavras e dê preferência pelo imperativo (“baixe”, “inscreva-se”, “receba”, “ganhe” etc.).

Checklist para sua Landing Page

Para fazer uma Landing Page atrativa e que converte, comece pela definição do objetivo da página. Afinal, é isso que guiará o conteúdo para chamar a atenção de potenciais clientes. E o próximo passo é providenciar o título e subtítulo, bem como a descrição da oferta. Opte por frases curtas e claras, destacando os benefícios.

Em seguida, é hora de definir o design da página. Essa etapa inclui a identidade visual, a escolha da imagem (que pode ser uma ilustração), o formulário de captação e a CTA. O template deve se adaptar ao tamanho do texto, ao tipo de imagem e à oferta. Já o formulário precisa seguir o funil de vendas para maiores chances de conversão.

No mercado de afiliados, a divulgação é centro das ações. Por isso, você pode acrescentar alguns elementos extras. Depoimentos de clientes e uma seção de perguntas frequentes são bem-vindos para ajudar a convencer o lead a preencher o formulário.

Como automatizar uma Landing Page?

A automação está entre as principais tendências de Marketing Digital e também pode ser implementada na hora de criar sua página de vendas. Na web, você encontra uma série de ferramentas (HubSpot, OptimizePress e ContactForm 7 para WordPress, Unbounce), sem necessidade de codificação. 

Ao escolher uma ferramenta para chamar de sua, leve em conta a variedade de templates, a facilidade de uso, a responsividade e a possibilidade de integração. Você também pode ir além e considerar estatísticas de acesso, plugins e formulários inteligentes. Ao colocar as mãos na massa, você pode customizar os layouts de acordo com a sua persona.

Como gerenciar a Landing Page de vendas?

Tudo encaminhado até aqui? Então, só resta gerenciar e otimizar a sua página com foco na experiência do usuário. Para isso, faça uma copy escaneável e com palavras-chave, que gere empatia, uma boa posição nos buscadores e, claro, leve à conversão. Crie um headline chamativo, resumindo o que a Landing Page entrega de forma persuasiva. 

Se você estiver vendendo cursos online, inclua depoimentos de alunos. Além de reforçar a autoridade e trazer credibilidade, isso pode afetar a decisão de compra de forma positiva. E divulgue sua página nas redes sociais para ampliar o alcance, deixando um botão para que os visitantes possam compartilhar. Faça testes e mensure os resultados.

Agora que você já sabe o que é Landing Page e como otimizar sua página de vendas, é hora de colocar as dicas que compartilhamos em prática. LP é uma das melhores estratégias no marketing de afiliados para gerar leads e aumentar as vendas. Para tirar o melhor proveito do recurso, é importante seguir o que você leu até aqui e ter sempre em mente os interesses da sua persona. 

Tudo pronto para começar? Saiba como criar uma página de vendas que realmente converta!

[E-BOOK] Guia completo de renda extra sem sair de casa: tudo que você precisa saber

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.