plataforma de vendas online

Plataforma de vendas online: como funcionam na prática?

As vendas online se transformaram na porta de entrada para muitos empreendedores brasileiros. Se antes da pandemia ainda havia uma desconfiança com as compras no comércio digital, essa modalidade de negócio já virou uma das preferidas do país. A tendência, daqui para frente, é que as elas sejam cada vez mais comuns.

É o cenário ideal para que mais pessoas aprendam sobre como funciona uma plataforma de vendas online, os seus tipos e as vantagens. Ao contrário das pessoas com lojas físicas, o empreendedor digital não precisa contratar vendedores, alugar um espaço ou ter um estoque para começar –– como é o caso de revendedores de produtos pela internet.

Tudo isso representa uma grande economia para quem está abrindo um novo negócio e não quer gastar muito dinheiro. Se você também quer aproveitar essas e outras vantagens de uma plataforma de vendas online, tire suas dúvidas sobre o assunto a seguir.

Vale a pena vender online?

Na modalidade de vendas online, o cliente usa o navegador da internet ou um aplicativo para escolher o produto, fazer o pagamento e receber a compra em casa. Ele também tem a opção de retirar a mercadoria em uma loja física ou consumi-la sem sair de casa. É o caso dos chamados infoprodutos –– como e-books e cursos a distância.

Quando olhamos para os últimos anos, fica fácil entender por que o mercado digital cresceu tanto. A seguir, veja por quais motivos vale a pena vender online.

Consolidação do mercado digital

Entre 2010 e 2020, o faturamento do e-commerce brasileiro cresceu de 8,7 bilhões para 38,7 bilhões de reais. Os dados são da 42ª edição do Webshoppers, pesquisa realizada pela Ebit/Nielsen. O relatório ainda destaca que, entre 2019 e 2020, o faturamento aumentou 47%, o maior da sua história.

O cenário é de consolidação por conta do aumento constante nas transações feitas pela internet. Os segmentos que mais cresceram foram os de produtos ligados à informática (101%) e à construção civil (mais de 100%).

Aumento das vendas online na pandemia

Ainda que a pandemia tenha fragilizado alguns setores da economia, que dependem diretamente de modelos mais tradicionais de negócio, ela também serviu para acelerar a transformação digital.

Isso significa que um número maior de empresas e profissionais autônomos procuraram estratégias digitais por conta do boom das vendas online.

O e-commerce brasileiro, além de ter crescido 41% em 2020, ganhou 13 milhões de novos consumidores, segundo dados da 43° Webshoppers (Ebit/Nielsen). São brasileiros que realizam sua primeira compra online durante a pandemia.

Maior alcance e disponibilidade

Ao contrário de uma loja física, a plataforma de vendas online pode ser acessada por consumidores de qualquer lugar do Brasil e do mundo. Hoje, existe a opção de vender por um site próprio, em marketplaces, Instagram, WhatsApp etc.

Ao eliminar a “localização” como um fator de preocupação, aumenta-se o alcance da loja online, que se encontra disponível 24 horas, durante 7 dias da semana. Ou seja, o seu cliente poderá conhecer seus produtos ou serviços na madrugada e não precisa enfrentar problemas com o fuso horário, caso esteja em outro país.

As vantagens de uma plataformas de vendas online também são para quem vende. No caso do empreendedor, ganhar dinheiro trabalhando em casa é uma possibilidade mais atrativa do que o modelo tradicional de emprego.

O que é uma plataforma de vendas online?

Há basicamente duas formas de vender pela internet. Você pode construir um site próprio do zero ou usar uma plataforma parceira como vitrine para vender seus produtos ou serviços.

Existe uma terceira opção ainda mais vantajosa: a plataforma de vendas online comissionadas — sobre a qual vamos falar mais à frente. Por enquanto, é importante entender que uma esse é um canal por onde o público do seu segmento compra o que você tem a oferecer.

Para atrair mais visitantes para a plataforma, é possível utilizar estratégias de vendas digitais nas redes sociais, criar anúncios pagos e produzir conteúdos para ganhar visibilidade no Google.

Marketplace ou site próprio? Quais as diferenças?

Um site próprio, como vimos, é uma loja virtual criada do zero. É um espaço digital em que sua empresa tem a total liberdade para divulgar produtos ou serviços, apresentar suas motivações e compromissos para os visitantes e conduzi-los no processo de compra.

Já o marketplace reúne centenas ou milhares de empresas em um único site. É como se fosse um grande shopping de que sua loja faz parte. Um bom exemplo é a Amazon, por onde empresas de diversos nichos podem aproveitar a visibilidade da plataforma e ser encontrada com facilidade pelos clientes.

Também existem os marketplaces de nicho, que reúnem empresas de apenas alguns segmentos específicos do mercado. Elas deixam a pesquisa do cliente ainda mais filtrada e rápida.

Nos dois casos, tanto no marketplace quanto no site próprio de uma loja virtual, o vendedor pagar uma taxa para se manter na plataforma e tem um estoque de onde envia os produtos –– exceto no caso de produtos digitais. Em outras palavras, são maneiras de ser um empreendedor digital que podem exigir um investimento inicial significativo.

Como funcionam as vendas comissionadas online? Vale a pena investir?

Um terceiro tipo de plataforma de vendas online é aquela que trabalha com as vendas comissionadas do marketing de afiliados. Trata-se de um modelo de negócios baseado na relação de uma empresa com a sua rede de afiliados: um time de profissionais autônomos, contratados para revender produtos usando as estratégias de vendas digitais.

A cada venda bem sucedida, o autônomo recebe uma comissão. Na plataforma de afiliados, ele tem acesso a tudo que precisa para solucionar as dúvidas do cliente, oferecer diferentes formas de pagamento e acelerar a finalização da venda. Para garantir sua justa recompensa, junte-se a quem é expert no assunto,

A Consultoria de Educação, referência no mercado educacional, conta com uma equipe de consultores para divulgar cursos de graduação em troca de comissões.

Tornando-se um consultor, você tem acesso ao aplicativo para celular da Consultoria Educação. Lá, você consegue acessar as informações dos cursos de graduação do grupo Kroton, acompanhar os seus ganhos, gerar boletos de pagamento e, sempre que precisar, entrar em contato via chat para tirar dúvidas com nosso time de suporte.

Para se tornar um consultor da educação, você só precisa preencher um formulário de inscrição, fazer nossos treinamentos de vendas exclusivos e pronto; já pode divulgar os cursos para conquistar seus primeiros clientes. Tudo simples e sem precisar fazer investimento inicial.

Agora é com você!

Gostou de conhecer um pouco do universo de uma plataforma de vendas online? Para fechar, vá em busca de uma parceira que ofereça suporte e treinamento. Isso vai garantir mais chance de sucesso no seu novo projeto.

Então, se você gostou da possibilidade de trabalhar com vendas comissionadas, aproveite para saber mais sobre a Consultoria Educação!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.