primeira venda

O que fazer depois da primeira venda? Potencialize seus ganhos

A área de vendas cumpre um importante papel dentro de uma empresa, já que representa a porta de entrada para os resultados — isto é, a receita. O que nem todos sabem é o que fazer depois da primeira venda para manter o relacionamento com os clientes e potencializar seus ganhos. Muitos vendedores, inclusive, perdem a oportunidade de fidelizar.

Planejar ações pós-venda vale tanto para o modelo tradicional como para as vendas digitais. E é um passo importante na retenção, o que pode até mesmo gerar melhores resultados do que apenas investir em atrair novos clientes. Por isso, vamos compartilhar com você algumas dicas para o seu planejamento pós-venda. Boa leitura!

Por que planejar depois da primeira venda?

Antes de concretizar qualquer venda, é preciso criar estratégias com o intuito de conduzir o potencial lead pela jornada de compra. Quem pensa que o planejamento termina logo após a conversão, está perdendo a oportunidade de vender mais. Afinal, a primeira venda digital marca o início de um novo plano, com o foco no relacionamento com o cliente.

Mas por que isso é importante? Fidelizar é muito mais difícil do que atrair, mas pode trazer mais resultados para o seu negócio. Um novo cliente ainda não conhece sua marca ou os produtos/serviços que você oferece no mercado como afiliado. Quem já comprou com você, sabe o que encontrará, tem mais segurança e está começando a construir confiança.

Então, se você fidelizar esses clientes, eles podem se tornar embaixadores da sua marca. Deixar depoimentos, indicar a outros potenciais consumidores e, claro, comprar mais vezes. Por isso, no próximo tópico, vamos compartilhar algumas dicas sobre o que fazer depois da primeira venda para potencializar seus resultados.

Então, o que fazer depois da primeira venda?

Agora que você já sabe da importância de investir no relacionamento com o cliente, chegou a hora de aprender como fazer isso. O que podemos adiantar é que tanto o processo de venda como o pós-venda precisam de melhorias contínuas. Afinal, sempre há espaço para inovar de acordo com os hábitos de consumo e as mudanças do seu nicho de mercado.

Além disso, vale lembrar que as vendas online superam as barreiras geográficas. Podem ocorrer em qualquer hora do dia ou da noite e alcançar um público altamente diversificado. Então, é essencial acompanhar, mensurar e ajustar cada ação sempre que necessário. Com isso em mente, vamos às dicas!

Aprenda sobre pós-venda

O pós-venda é o último passo dentro do ciclo de vendas e também representa o início de uma nova etapa no seu planejamento. É o relacionamento com o cliente para que ele volte, compre mais vezes e, quem sabe, até indique seus produtos ou serviços. Portanto, podemos dizer que o pós-venda funciona como uma pré-venda da sua próxima venda.

O primeiro passo é garantir que a primeira venda foi satisfatória e correspondeu ao que o seu cliente esperava. Para isso, entre em contato e procure saber se tudo deu certo após a compra, coloque-se à disposição e tire eventuais dúvidas (se houver). 

Uma simples ação pode fazer uma grande diferença. Você pode, inclusive, pedir para que ele escreva um depoimento, contando como foi sua experiência. Boas recomendações geram credibilidade e, além de fidelizar, podem atrair novos clientes.

Considere um funil de vendas

Se você ainda tem dúvidas sobre como fazer a primeira venda pela internet, precisa levar em conta o funil de vendas. Serve tanto para a etapa de atração como para o pós-venda, já que acompanha toda a jornada de compra. De uma forma mais visual, o funil de vendas mostra todos os estágios, desde o primeiro contato até a transformação de um lead em cliente.

Em poucas palavras, trata-se de uma representação gráfica da trilha do consumidor até a decisão de compra. E pode ir além, seguindo também o pós-venda. Quando o funil tem uma boa estrutura, fornece insights para as equipes de vendas e marketing. Assim, ambas podem adaptar suas estratégias de acordo com o nível de maturidade de cada cliente:

  • topo do funil (consciência): representa a descoberta, quando o lead se dá conta de que tem um problema ou uma necessidade. Cabe a você educá-lo por meio da oferta de conteúdo relevante para o seu momento;
  • meio do funil (consideração): depois da descoberta, vem o reconhecimento do problema e começa a busca por uma solução. Seu papel é apresentar essa solução e compartilhar dicas para ajudá-lo em troca de algumas informações básicas de contato;
  • fundo do funil (decisão): é o momento da decisão de compra, ou seja, leads prontos para o contato de um vendedor. Afinal, eles já tiveram contato com a sua marca através do conteúdo e agora precisam apenas de um empurrãozinho para converter.

Depois disso, entra o pós-venda como uma quarta etapa no funil de vendas. Seu foco é na retenção e fidelização do novo cliente para transformá-lo em um embaixador da sua marca. É tão importante quanto qualquer outro estágio do seu planejamento.

Comece a fazer testes A/B

O teste A/B surge geralmente quando você está no processo de descoberta sobre como vender pela internet. No entanto, também pode ser aplicado no pós-venda. Se você não sabe para que serve, os testes A/B ajudam a comparar algumas variáveis de marketing. O objetivo é encontrar os melhores resultados para otimizar as conversões

Essas variáveis incluem a cor do botão da CTA de uma landing page ou o título de um post, por exemplo. Você pode fazer testes para descobrir qual gera a maior taxa de conversão. Um botão vermelho ou um botão azul? A chamada “x” ou a chamada “y”? O teste A/B testa uma variável de cada vez. Se quiser mudar mais elementos, aplique o teste multivariado.

Invista em relacionamento

Todas as dicas que compartilhamos até aqui envolvem o relacionamento com o cliente. Por isso, decidimos destacá-lo em nossa lista também. Enquanto os novos clientes ajudam a gerar receita, os atuais podem trazer receita recorrente, aumentar seu ticket médio, reduzir o Custo de Aquisição por Cliente (CAC), entre outros benefícios.

Cliente satisfeito tende a comprar mais. Sem contar que ele não buscará o que precisa com os seus concorrentes. Afinal, ele já conhece sua marca. Então, foque em fidelizar, mantendo um banco de dados atualizado com seus hábitos de consumo, peça feedback, surpreenda, exceda suas expectativas e aproveite as oportunidades para manter contato.

Analise os dados da estratégia

Nenhuma estratégia é eficaz sem uma análise por trás, isto é, um acompanhamento de cada ação e seus resultados. Dados geram insights, que levam a novas ideias para potencializar seus ganhos. Podem ser coletados em relatórios das suas campanhas de e-mail marketing, em plataformas de gestão, em ferramentas de automação, em planilhas.

Com o avanço da tecnologia e a aceleração da transformação digital, o uso de dados para a tomada de decisão tornou-se uma peça-chave em qualquer planejamento estratégico. E se você não sabe o que fazer depois da primeira venda, os dados ajudam a mostrar o caminho e a guiar os próximos passos. Além disso, as dicas que compartilhamos, bem como a adoção das ferramentas certas serão a base para potencializar os seus ganhos.

Gostou das dicas e quer receber mais insights? Então, assine a nossa newsletter e não perca as novidades!

[E-BOOK] Guia completo de renda extra sem sair de casa: tudo que você precisa saber

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.