produtividade home office

Como aumentar a produtividade no home office? Veja dicas!

Uma tendência que ainda estava sendo experimentada pelo mercado virou, de repente, uma medida emergencial. Em poucos meses, muitos profissionais tiveram que potencializar sua produtividade no home office — um desafio do mundo pós-pandemia.

Além de preservar o desempenho no trabalho, ainda é preciso cuidar da saúde física e mental. Afinal de contas, por mais que a tecnologia proporcione todos os recursos necessários para a atuação remota, o isolamento tende a ser um fator que preocupa a maioria.

Com as medidas certas, entretanto, é possível aderir o novo formato e ter uma ótima produtividade no home office. Se você deseja ter um alto desempenho trabalhando em casa, confira as dicas que a Consultoria Educação preparou sobre o assunto!

Planeje as tarefas do seu dia

A rotina de quem trabalha em home office ou como nômade digital parece ser um conto de fadas: a pessoa acorda a hora que quer, pode ficar o dia todo de pijama e tem mais tempo para tirar aquele cochilo ou ficar com a família. Em partes, tudo isso é verdade, mas quem realmente quer ter produtividade trabalhando em casa não pode viver num eterno período de férias.

Um planejamento diário, semanal e até mensal é indispensável para não comprometer o desempenho. Portanto, por mais que seja atrativo levar o notebook para a cama ou trabalhar só quando o ânimo vem, elabore um cronograma com todas as tarefas e tenha esse planejamento visível para que consiga seguir o que se propôs:

  • coloque o relógio para despertar sempre no mesmo horário;
  • vista-se como se fosse sair para trabalhar;
  • pegue sua lista de tarefas (que pode ser feita na noite anterior) e comece pelas atividades mais difíceis;
  • utilize ferramentas práticas para gerenciar sua lista, como o Trello, o Google Agenda ou o bom e velho planner de papel.

Use o Método 80/20

O problema é saber o que colocar nessa lista de tarefas do dia, não é mesmo? Isso porque, trabalhando de forma autônoma ou não, o home office exige certa proatividade, e ninguém vai ficar do seu lado o tempo todo dizendo o que fazer ou como agir.

Para ajudar a focar no essencial, é interessante aplicar o método 80/20, ou Princípio de Pareto. Basicamente, essa regra diz que 80% dos efeitos surgem de apenas 20% das causas. Logo, grande parte dos seus resultados vêm de somente algumas ações.

O segredo é descobrir, então, quais são as tarefas mais relevantes que merecem sua atenção e dedicação. Quando eliminamos o que não é prioridade, por exemplo, a tendência é que o foco potencialize a tão desejada produtividade no home office.

Elimine distrações do ambiente

Mesmo com toda a flexibilidade no trabalho, para que as coisas fluam você não pode se render às distrações e tentações do lar. Nem mesmo Pareto pode salvar um profissional que se dispersa o tempo todo com notificações no celular ou qualquer outro chamariz.

O ideal é que o home office aconteça em um espaço reservado exclusivamente para o trabalho em casa. Ainda que não exista um cômodo exclusivo para ser usado de escritório, reserve um cantinho que esteja livre de barulho ou movimentação.

Televisão ligada? Nem pensar! Redes sociais? Só nos momentos de pausa. Se não puder encontrar um local silencioso, aposte no fone de ouvido. Além disso, deixe a mesa organizada, limpa e apenas com o essencial, para que nada tire seu foco no trabalho ou desvie sua atenção.

Invista em ergonomia

O sofá ou cama podem ser bastante confortáveis em um primeiro momento, mas são verdadeiros vilões. Sua coluna não vai aguentar por muito tempo, acredite! Sem contar que a posição que você fica pode dar sono e comprometer sua produtividade no home office.

Não poupe esforços para encontrar produtos ergonômicos, pois eles vão manter seu corpo bem-disposto para trabalhar por mais tempo. Cadeiras específicas costumam ter a curvatura certa das costas e a altura correta em relação à mesa, por exemplo.

E aqui vai uma dica de ouro! A tela do computador ou notebook deve estar à altura dos olhos, sem que você precise inclinar a cabeça para baixo. Suportes para monitor ou laptop ajudam muito nesse sentido — a diferença no conforto é notada na hora.

Aplique métodos de produtividade

Mencionamos a regra do 80/20, mas existem outros métodos eficazes que ajudam a aumentar a produtividade no home office. Você pode aproveitar a ideia da lista de atividades do dia, por exemplo, para dividir o expediente em pequenos blocos de tarefas.

É o que propõe a técnica Pomodoro, em que você tem direito a 5 minutos de pausa a cada 25 minutos de trabalho. Quando completar 4 blocos, o descanso pode ser um pouco maior, de 10 a 15 minutos. Só não vale perder a noção do tempo e extrapolar essa pausa, combinado?

Esses “respiros” ajudam a recuperar o fôlego e a manter o desempenho alto até a finalização de todas as atividades propostas no seu dia. Você pode personalizar a técnica de acordo com seu nível de concentração, com blocos de 20, 30 ou 40 minutos.

Trabalhe a sua automotivação

Deu para notar que, para trabalhar com vendas em casa e ganhar dinheiro na crise, ou com qualquer outra frente de atuação em home office, é preciso ter muita disciplina. O que quase ninguém considera é que somente a motivação alimenta uma pessoa disciplinada.

Uma estratégia que costuma dar certo é estabelecer metas — ainda que diárias — e se permitir pequenas recompensas por atingi-las. Quer um exemplo? Se você concluir tudo que estava no planner até o fim do expediente, poderá assistir a mais um episódio da sua série favorita.

A proposta é que algo motive sua continuidade nas tarefas e elas podem ser até objetivos maiores. Se trabalha com vendas, por exemplo, quanto quer lucrar por semana para conseguir fazer aquela viagem ou comprar um carro? Um memory board no home office para visualizar seus objetivos é uma boa ideia!

Não se esqueça de descansar

Engana-se quem pensa que produtividade no home office é sinônimo de trabalho ininterrupto. Lembra da técnica Pomodoro? Pois bem, ela já ajuda muito nisso, pois permite que você respire fundo por alguns minutos.

Por mais que seja difícil de acreditar, um tempo livre é mais benéfico do que horas a fio trabalhando. Seu cérebro precisa desse descanso para se recompor. Se você não respeita isso, coloca em risco sua concentração, qualidade de vida, saúde física e mental.

Dá muito bem para conciliar os horários do dia e reservar um tempo para fazer alguns alongamentos, por exemplo, uma caminhada, uma leitura prazerosa ou até mesmo para ver um filme ou jogar um pouco. Sem falar de respeitar uma boa noite de sono. Precisamos disso!

Agora é com você!

Todas estas dicas costumam ser seguidas não só por quem quer ganhar dinheiro na crise trabalhando em casa, mas até mesmo por nômades digitais. A produtividade no home office é totalmente possível quando cuidamos da automotivação somada à disciplina. Coloque em prática e sinta os resultados surgirem.

Gostou das dicas? Que tal aumentar sua produtividade e renda atuando com a Consultoria Educação? Saiba como funciona e comece hoje mesmo!

Guia prático: obtendo sucesso no trabalho em um programa de afiliados

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.