saúde mental e empreendedorismo

Saúde mental e empreendedorismo: qual é a relação? Leia mais

O assunto “empreendedorismo” é bem conhecido no mundo de hoje. Estamos falando daquela capacidade ativa de desenvolver novos negócios e aprimorar os que já existem para ficarem ainda melhores. No mercado atual, esse campo traz possibilidades de profissão mais independentes e com horário flexível.

O caminho do empreendedorismo pode ter seus desafios, mas, no fim das contas, é recompensador. Ele permite ao profissional experimentar ideias diferentes e agir com certa autonomia no seu trabalho. É importante conhecer bem as dificuldades que podem surgir no decorrer do negócio e se preparar para elas.

Um ponto que merece especial atenção é a saúde mental do empreendedor. Neste post, você descobre tudo sobre a relação entre saúde mental e empreendedorismo, com dicas para cuidar do bem-estar. Continue a leitura para fortalecer desde já as suas chances de atuação no mercado de trabalho!

Como empreender no Brasil?

O Brasil é um dos países que refletem no mundo de hoje um dos campos mais movimentados quando o assunto é empreendedorismo. É claro que um dos motivos para isso é a crise econômica e as dificuldades básicas na organização trabalhista. Por isso mesmo, quem começa a sua trajetória precisa manter a firmeza e adquirir conhecimentos para se dar bem.

Para empreender no Brasil, o primeiro passo é ficar atento às oportunidades de ganhar dinheiro na crise e de estabelecer novos negócios. É importante estudar as demandas de cada setor e as possibilidades de atuação que existem.

Uma vez que surgir aquela ideia interessante, o futuro empreendedor precisa se formalizar para praticar suas atividades. Algumas das modalidades existentes para isso são a microempresa (ME) ou a empresa de pequeno porte (EPP). As duas podem participar do Simples Nacional, mas existem restrições que devem ser consideradas.

Se você não tem experiência prévia no negócio ou na administração de uma empresa, o recomendado é começar da maneira mais simples. Estamos falando da categoria do microempreendedor individual (MEI), que permite empreender com pouco dinheiro.

O processo de formalização do MEI é extremamente fácil e pode ser feito pelo Portal do Empreendedor. Tudo que você precisa fazer é acessar o site, clicar em formalize-se e preencher os campos do cadastro.

Quais são os desafios do empreendedor?

O cenário geral para empreender no Brasil é realmente favorável, mas, como em toda profissão, é preciso lidar com desafios variados. O primeiro deles é a luta cotidiana para pagar impostos e para estruturar um negócio de qualidade.

Felizmente, o sistema de impostos do MEI é muito reduzido e simplificado. O esquema de recolhimento impacta de maneira muito suave no bolso do profissional, permitindo uma relativa tranquilidade tributária. Inúmeras prefeituras ainda trazem o sistema de notas fiscais eletrônicas, o que possibilita empreender sem sair de casa.

De todo jeito, o que torna mais desafiador a questão do empreendedorismo no Brasil é a dificuldade para manter um negócio próprio. O profissional precisa estar em movimento constante e disposto a se adaptar. Essa situação é agravada devido à instabilidade que toma conta do país em termos econômicos e políticos.

O esforço do empreendedor nesse sentido será principalmente identificar as oportunidades de atuação e manter o networking ativo. É claro que, num país como o Brasil, esse movimento pode gerar muitos desgastes físicos e emocionais. Nesse ponto, um desafio à parte é manter a saúde mental em dia.

Qual é a importância de cuidar da saúde mental sendo empreendedor?

A importância de observar o cuidado mental do empreendedor é evitar um estado crítico de desgaste com as atividades cotidianas do negócio. Como as demandas podem ser múltiplas e variadas, é fundamental que o profissional esteja fortalecido para dar conta de todas de maneira satisfatória.

Manter uma empresa em funcionamento nem sempre é simples. O empreendedor precisa lidar com as burocracias do dia a dia e também encarar com paciência as expectativas e as frustrações. Nem sempre o sucesso de um negócio aparece imediatamente e, por isso, o profissional deve preparar a mente para ter calma e continuar tentando.

Pessoas em situação de estresse ou de fragilidade emocional muitas vezes estão menos aptas a tocar o dia a dia do negócio com qualidade. Elas podem gerar conflitos desnecessários com a equipe ou mesmo travar diante de tarefas relativamente simples.

Para resumir, cuidar da saúde mental ajuda a manter o foco na gestão do negócio e no desenvolvimento de tarefas cruciais. Esse aspecto se torna particularmente crítico no contexto da pandemia, que trouxe inúmeros desafios adicionais para os indivíduos e a sociedade como um todo.

Como garantir os cuidados necessários para a saúde mental? 

Agora que você sabe que cuidar da saúde mental é uma dimensão essencial do empreendedorismo e de qualquer atividade laboral, vamos às dicas básicas para garantir esse cuidado. Fique ligado nos principais pontos:

  • aprenda a escutar o seu corpo: os sintomas e os sinais do corpo nos ensinam sobre nós mesmos e o que estamos vivendo;
  • durma bem: garantir um bom sono é fundamental para recarregar a mente;
  • coma bem: comer com qualidade fortalece o corpo e a mente, melhorando a disposição;
  • busque ajuda de um profissional: não tenha vergonha de reconhecer essa necessidade e de buscar caminhos para esse auxílio;
  • converse sobre as suas preocupações e os seus medos: conversar muitas vezes nos ajuda a aliviar as tensões e a encontrar soluções para os problemas;
  • não se cobre demais: seja gentil consigo mesmo, pois ninguém é de ferro.

Na Consultoria Educação, você trabalha como freelancer e realiza vendas digitais. Uma grande vantagem é ter o horário flexível e ser o seu próprio chefe, permitindo uma vida profissional bem conciliada com a pessoal. Se essa liberdade for bem usada, ela favorece os aspectos que preservam a saúde mental e trazem uma margem de lucro excelente.

Trabalhe como um consultor da educação!

Ao trabalhar como consultor de vendas independente no ramo da Educação, você ajuda a promover a educação de qualidade no país e ganha dinheiro com isso. Para começar, basta preencher o formulário do nosso site e baixar o App da Consultoria Educação. Também é necessário que você abra seu MEI, para emitir nota fiscal.

Depois disso, você deverá indicar alunos. A cada aluno matriculado, você recebe prêmios pagos a cada mês. Os pagamentos aumentam e se acumulam à medida que você beneficia mais pessoas e as ajuda a entrar nas faculdades do grupo Kroton.

E aí, gostou dessa possibilidade de conciliar saúde mental e empreendedorismo? Compartilhe este artigo com outras pessoas que se interessam sobre o tema!

Guia prático: obtendo sucesso no trabalho em um programa de afiliados

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.