trabalhar como freelancer

Vale a pena trabalhar como freelancer? Veja!

As pessoas que exercem sua profissão sem carteira assinada, geralmente prestando serviços, são aquelas que optam por trabalhar como freelancer. Bem, nem sempre é uma escolha livre, principalmente no cenário de altas taxas de desemprego. Porém, é certo que esse modelo de atuação tem ganhado muitos adeptos por conta das vantagens e bons desafios profissionais.

A ausência de vínculo empregatício faz com que o freelancer tenha uma rotina mais autônoma, sendo possível atuar até em casa. Mas será que vale mesmo a pena trabalhar como freela? É o que vamos desvendar agora neste post. Continue lendo e descubra!

Quais são as vantagens de trabalhar como freelancer?

Quem começa a atuar como freela tem algumas vantagens bem interessantes, apesar dos desafios atrelados a elas. A seguir, você fica por dentro dos principais benefícios de trabalhar dessa forma!

Horários flexíveis

A maior vantagem para um freelancer, talvez, seja a flexibilidade do trabalho. Como ele não tem vínculo empregatício, pode ser seu próprio chefe e fazer seus horários. Além de conseguir conciliar melhor a vida profissional com a pessoal, essa facilidade contribui para a sua produtividade. Afinal de contas, você pode trabalhar naquele período do dia que mais rende — como de manhã, bem cedo, ou até mesmo à noite.

Já que trabalhar como freela geralmente envolve a contratação de um determinado serviço dentro de um prazo, o que importa é o resultado. Então, seu contratante vai querer apenas o serviço entregue, sem se preocupar com os horários ou dias da semana utilizados para cumprir com o combinado. O desafio, nesse sentido, é ter a responsabilidade de gerir o seu tempo para dar conta do recado.

Cenários diversos

Além dos horários, os cenários também entram na flexibilidade do trabalho freelance. Isso porque você pode atuar onde quiser, sobretudo em casa. E essa alternativa foi acentuada com o crescimento dos serviços em home office na pandemia! Ou seja, é uma maneira prática e segura de ganhar sua renda mensal.

O mais comum é que as pessoas escolham um cantinho tranquilo da casa para montar seu escritório. Mas, na verdade, você só precisa mesmo é de um computador ou celular, conexão com a internet e muita disposição para trabalhar com o que mais tem habilidade. O mercado hoje tem espaço para redação, tradução, consultoria, vendas, assistência virtual, revisão, programação, web design etc.

Diversificação de serviços

Nesse sentido, você pode escolher não só seu local de trabalho, como os próprios clientes. O mercado tem oferecido muitas possibilidades de atuação, e vários contratantes estão em busca de profissionais que trabalham dessa maneira.

Como a remuneração é por produção, é possível ter vários clientes ao mesmo tempo, montar um escritório em um lugar tranquilo da casa e ampliar o potencial dos seus rendimentos. Ao investir no que você faz de melhor, inclusive, as chances de aumentar a renda mensal são maiores do que se estivesse em um emprego tradicional.

Como se organizar para trabalhar como freela e ter uma renda estável?

O que muita gente tem dúvida em relação ao trabalho freelance é em relação à estabilidade financeira. Será que dá para viver de freela? Bem, isso vai depender da sua determinação, planejamento, organização e proatividade. Com uma boa gestão do seu negócio, é possível, sim, garantir uma renda estável. Veja como!

Tenha uma rotina de produção

A flexibilidade de horários é maravilhosa, mas não dá para agir como se estivesse eternamente de férias. Trabalhar como freelancer exige as mesmas responsabilidades — ou até mais — que um trabalho convencional, de carteira assinada. Não vai existir um chefe ou supervisor por perto para controlar a produtividade do home office, então, a bola está unicamente com você!

Para não se enrolar, é uma boa ideia desenvolver boas práticas de planejamento e organização. Tenha um cantinho próprio para exercer suas funções, mantenha-o sempre limpo e estabeleça um método de trabalho. Pode ser por tarefa executada, por horas trabalhadas, entre outros.

Controle as suas finanças

Além de organizar a rotina de trabalho, sua vida financeira depende de um bom planejamento. Uma planilha de controle ajuda muito nesse sentido, pois dá para separar bem o que entra e sai, além do que é pessoal ou não. Sim, é preciso dividir até seus gastos pessoais dos profissionais.

Lembre-se de que você é sua própria empresa e precisa desse nível de seriedade ao lidar com o dinheiro. Também vale a pena se formalizar para poder emitir nota fiscal sendo MEI, por exemplo. Essa profissionalização ao trabalhar como freelancer abre mais oportunidades, pois empresas podem contratar seus serviços como Pessoa Jurídica (PJ).

Seja uma pessoa prevenida

Você é um profissional organizado e responsável com a agenda. Mas e se acontecer algum imprevisto? Uma doença, um acidente ou até mesmo um período de baixa nos trabalhos? Como é possível se manter? Bem, é aí que entra a famosa reserva de emergência, salvadora dos prevenidos.

O ideal é que um freelancer consiga montar uma reserva emergencial equivalente a, pelo menos, seis meses do seu custo médio de vida. Isso quer dizer que, para se manter em um mês (com o essencial), você gasta R$ 2.000,00, é prudente ter seis vezes esse valor guardado.

Hoje o mercado financeiro é democrático e oferece maneiras até mais rentáveis que a poupança para guardar esse dinheiro. Vale muito a pena fazer esse esforço, pois é essa reserva que pode deixar você tranquilo para passar pelos contratempos sem maiores problemas.

Quais são algumas das possibilidades de trabalhos freelancers?

Se quiser saber como aumentar a renda mensal, é possível contar com plataformas específicas para trabalhar como freelancer. É o caso do GetNinja, Workana, 99Freela, Rock Content e da Consultoria Educação. Este último, por exemplo, forma consultores da educação, sendo possível trabalhar com vendas em casa.

O aplicativo pode ser baixado até mesmo no seu celular. Com a plataforma digital, qualquer profissional autônomo pode realizar indicações de alunos para cursos de graduação em várias faculdades conceituadas do país. Para cada indicação efetivada, ou seja, se o aluno se matricular, você recebe uma comissão.

Comece hoje mesmo!

Com a Consultoria Educação, você faz seu próprio horário, indica os cursos onde estiver e ainda tem ganhos ilimitados. Afinal, quanto mais alunos indicar, maiores serão os seus ganhos. São todas aquelas vantagens que falamos sobre trabalhar como freelancer, lembra?

Então, que tal investir nesse modelo de trabalho? Entenda mais sobre como funciona o Marketing de Indicação e comece agora!

[E-BOOK] Guia completo de renda extra sem sair de casa: tudo que você precisa saber

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.