vender infoproduto

Vender infoproduto compensa? Veja as vantagens e desvantagens

Vender infoproduto se tornou um caminho natural para quem quer trabalhar com vendas online, seja para ter renda extra ou transformar a atividade em profissão. Diante do cenário da pandemia, o mercado de produtos digitais cresceu. De acordo com a pesquisa Global Consumer Insights 2020 da PwC, 45% dos consumidores fazem compras pelo celular.

Isso mostra uma oportunidade para quem quer trabalhar na área. Por isso, neste post, você poderá entender melhor o que é infoproduto, além de conhecer as vantagens e os desafios do conceito. Também vamos compartilhar algumas dicas com foco na venda de produtos digitais. Quer saber mais? Continue a leitura!

O que eu preciso saber sobre a venda de infoprodutos?

O primeiro passo antes de vender infoproduto é saber do que se trata. O termo vem da junção de duas palavras: informação e produto. Em resumo, infoprodutos são materiais ricos, que oferecem conhecimento sobre um determinado tema. Diferente dos produtos tradicionais (físicos), o acesso ocorre por meios digitais.

Por exemplo, se você ia até uma livraria comprar uma apostila antes de estudar para um concurso público, agora é diferente. O infoproduto oferece acesso digital a esse e outros tipos de conteúdo, como cursos de idiomas ou aulas de música. Até mesmo cursos de graduação e pós-graduação por meio de um aplicativo de vendas online.

Diante disso, quem domina um determinado assunto pode disponibilizar seu conhecimento em forma de texto, imagem, áudio ou vídeo. Com o alcance sem barreiras da web, diversos públicos têm acesso a um conteúdo de valor no conforto de suas casas. Entre os principais produtos digitais, podemos citar:

  • e-books e whitepapers: materiais exclusivos que trazem informações sobre um determinado tema de uma forma mais aprofundada. Podem ter dado ou entrevistas com especialistas, além de detalhes visuais para complementar o texto;
  • audiobooks: conteúdo em formato de áudio tem se tornado cada vez mais popular. Afinal, você pode ouvir enquanto faz outra atividade ou se desloca até o trabalho, por exemplo. A gravação pode ser feita em casa ou com a ajuda de um estúdio;
  • podcasts: seguindo uma linha similar, os podcasts também estão em alta. Serviços de streaming, como o Spotify, ajudaram a disseminar o formato por aí com debates, notícias, entrevistas ou tutoriais;
  • videoaulas: além de áudio, vídeos têm consumo alto, impulsionados por plataformas como o YouTube. As aulas também podem servir de divulgação para levar os usuários até o seu site ou para baixar algum material. Outra opção é investir em lives.

Além da venda direta, também é possível disponibilizar um material gratuito para atrair leads. Com seus dados em mãos — em troca do acesso — você pode oferecer um conteúdo mais aprofundado e guiar potenciais clientes pelo funil até a conversão. 

Quais são as vantagens de vender um infoproduto?

Agora que você já sabe o que é infoproduto, vamos ver algumas vantagens. Como a web não tem barreiras, há muitas. Uma das principais é a capacidade de vendas em grande escala. Isso significa vender sem se preocupar com produção, armazenagem ou distribuição. Afinal, o produto é digital. 

Se levarmos este aspecto em consideração, o mercado físico está em desvantagem, já que limita o alcance. Sem contar que vender infoproduto requer um baixo investimento, pois não precisa arcar com os mesmos custos de produção de um produto físico, nem contar com um lugar para guardar mercadorias. Portanto, mais uma vantagem.

Aliás, no caso dos afiliados digitais, essa despesa é igual a zero. Quem atua na área, pode escolher os melhores infoprodutos e trabalhar apenas com a divulgação. Aqui entram as estratégias de marketing digital com foco na produção de conteúdo para blog, redes sociais e envio de campanhas de e-mail.

Você pode trabalhar em casa, em um coworking ou em uma cafeteria. Por conta própria ou com uma pequena equipe. Além do custo mais baixo, isso traz autonomia, o que nos leva ao próximo benefício. Uma vez na web, não tem horário comercial, fim de semana ou feriado. Ou seja, as vendas podem ocorrer 24 horas por dia.

Quais podem ser os desafios a serem enfrentados?

Apesar do custo zero, aprender a divulgar infoprodutos pode ser um dos maiores desafios pelo caminho. Nada que avaliações constantes, testes e a própria experiência não ajudem você a superar essa barreira com o tempo. 

Para quem está dando os seus primeiros passos com a venda de infoprodutos, é importante mudar o mindset (mentalidade). É preciso conduzir o negócio com o propósito de ganhar dinheiro, ou seja, com foco no crescimento. Parece óbvio, mas diante de uma dificuldade, temos a tendência de fechar os olhos para as oportunidades por trás dela.

Outro desafio comum é não saber como se conectar com a persona (representação do seu cliente ideal). Antes de vender infoproduto, tenha em mente quem vai consumir o seu produto. Conhecer seu público a fundo, bem como seus anseios e desejos, ajuda a definir estratégias para criar uma conexão e, posteriormente, levar à conversão.

Por fim, como toda novidade, é importante fazer testes sempre que achar necessário para acertar a mão. Em divulgações por e-mail, por exemplo, você pode criar diferentes versões de um anúncio e aplicar um teste A/B. Pode ser uma mudança no título ou na cor do botão da CTA, por exemplo. Não se esqueça de monitorar para ver o que traz mais resultados.

Como atuar na venda de infoprodutos?

Vimos o que é infoproduto, além das vantagens e dos desafios da área. Então, é hora de colocar a mão na massa e aprender dicas de venda online. Antes de criar ou escolher um produto digital, vale refletir sobre algumas questões. Existe demanda? Se sim, atende às necessidades da persona que você definiu? Entrega valor? E o preço, é adequado?

Se for produzir um conteúdo do zero, leve em conta as perguntas acima. Já para vender o material de terceiros como afiliado, avalie o que seu público consome. Como a divulgação é feita em suas redes sociais, é importante corresponder ao que seus seguidores esperam para mantê-los engajados e guiá-los à compra. Para isso:

  • como produtor ou afiliado, escolha seu nicho e defina sua persona;
  • faça uma pesquisa sobre o que já foi feito no mercado, enquanto avalia as estratégias mais comuns e adota diferenciais competitivos;
  • use seu conhecimento para criar conteúdo exclusivo ou torne-se um afiliado e escolha os melhores infoprodutos para criar uma conexão com o seu público;
  • escolha uma plataforma ou um App de vendas online;
  • planeje sua estratégia de divulgação e faça testes para descobrir o que pode melhorar e o que traz mais resultados.

Então, vender infoproduto compensa? Diante do crescimento desse mercado de consumo de produtos digitais, não falta espaço para você encontrar o seu nicho e crescer. Há desafios como todo negócio, mas também há vantagens, sendo a escalabilidade e o baixo custo dois pontos favoráveis para ingressar nas vendas online. 

Quer saber mais sobre segmentação? Confira por que todo afiliado digital deve saber seu nicho de mercado!

[E-BOOK] Guia completo de renda extra sem sair de casa: tudo que você precisa saber

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.